Ópera de Budapeste, a visita guiada

Ópera Estatal da Hungria

 

A Ópera de Budapeste, cujo nome oficial é Ópera Estatal da Hungria, é uma criação do arquiteto húngaro Miklós Ybl e é um dos edifícios neorrenascentistas mais emblemáticos da Hungria. O edifício está localizado no início da famosa Avenida Andrássy.

O Edifício da Ópera da Hungria

O edifício é centenário, sua construção começou em 1875 e foi concluída em 1884. A obra teve a aprovação do Rei Franz Joseph I, Imperador da Áustria e Rei da Hungria, e foi em grande parte financiada por ele, porém impôs uma condição: que o tamanho da Ópera de Budapeste não fosse maior que o da Ópera de Viena.

Uma outra condição, era que todo o trabalho fosse executado por artesãos húngaros e apenas com materiais húngaros, havendo somente cinco exceções: os revestimentos de mármore de Carrara, as colunas de granito provenientes da Áustria, os materiais de carvalho e cedro vindos da Itália, a tecnologia de palco de Viena e os lustres de Mainz.

Observe na foto abaixo uma das exceções: a coluna de granito cinza.

Ópera Estatal da Hungria, Budapeste
Fotos do rei Franz Joseph I e da rainha Elizabeth. E a nossa guia da visita.

A inauguração aconteceu em 27 de setembro de 1884 e Franz Joseph I e sua esposa a Rainha Elizabeth, a Sissi, eram os convidados de honra.

Ópera Estatal da Hungria
Clique para ler

A apresentação incluiu a realização do primeiro ato de Bánk Bán (O vice-rei Bánk), a abertura de Hunyadi László e o primeiro ato de Lohengrin, dirigido por Ferenc Erkel e seu filho, Sándor Erkel.

A Ópera de Budapeste tem 1.261 assentos. Diz a lenda (nossa guia nos contou isso) que  Franz Joseph I não gostou nem um pouco de ver que a Ópera de Budapeste, internamente era muito mais luxuosa e bonita do que a de Viena, apesar de ser menor que esta.

Conforme nos explicou a guia, o imperador Franz Joseph I raramente assistia espetáculos na Ópera de Budapeste, mas sua esposa, a imperatriz Sissi, era uma assídua frequentadora.

A Visita Guiada à Ópera de Budapeste

Eu recomendo fortemente a visita ao interior da Ópera Estatal da Hungria. Você pode conhecer a Ópera assistindo a uma apresentação, pode conhecer fazendo a visita guiada, ou das duas formas. As vezes que fomos para a Europa, fomos em agosto que parece ser o mês de férias coletivas dos grandes teatros e óperas na Europa, época de recesso, assim, sem chance de assistirmos alguma coisa, mas fizemos a visita guiada, que eu conto aqui como foi.

Apesar do edifício da Ópera estar em processo de restauração desde 2017 e parcialmente fechado durante este processo, as visitas guiadas nos levam a conhecer o Hall de Entrada, a Escadaria Principal, o Feszty Bar, o Salão Vermelho, a Escadaria Real e o Salão Bertalan Székely.

O Hall de Entrada

O Hall de Entrada é ricamente decorado com mármore italiano. O teto do hall é decorado com pinturas das nove musas de Bertalan Székely: Urania, Clio, Calliope, Euterpe, Erato, Thalia, Melpomene, Polyhimnia e Terpsichore. As musas acompanham Apolo, que, junto com Dioniso, é uma das principais figuras das pinturas da Ópera.

É no Hall de Entrada que aguardamos o início da visita guiada. Enquanto aguardamos podemos apreciar a beleza do local. Observe o revestimento de mármore das paredes e as colunas em granito cinza.

Ópera de Budapeste
Hall de Entrada da Ópera da Hungria, Budapeste.

A Grande Escadaria

Quando dá o horário da visita guiada, cada grupo vai subindo em separado com seu guia. O primeiro grupo que subiu foi o da língua inglesa que era o mais numeroso. O nosso (havia espanhol na época) subiu depois. Meio complicado estar atenta às explicações da guia, seguir o grupo e fotografar, alguma coisa sempre fica ruim, quando não todas, rss.

Ópera de Budapeste, Hungria
Ópera de Budapeste, Hungria

Esta escada que subimos a partir do Hall de Entrada levam à Grande Escadaria. As escadas são revestidas em mármore e delimitadas por balaustradas. Os dois lances de escada levam às entradas do andar térreo do auditório.

Ópera de Budapeste, Hungria
A Grande Escadaria da Ópera de Budapeste
A escadaria da Ópera de Budapeste
A escadaria da Ópera de Budapeste. Foto: Maria Eugênia

Não conhecemos o auditório, creio que ele estava em processo de restauração quando fizemos a visita.

Feszty Bar

O Feszty Bar é o bar da Ópera. Foi revitalizado em 2015 e o balcão que serve as bebidas foi deslocado de sua posição original para o centro do salão do bar.

ópera estatal da Hungria, Budapeste.
O Feszty Bar da Ópera de Budapeste

Salão Vermelho

Ópera de Budapeste
Salão Vermelho. Foto: Maria Vitória

O salão recebeu este nome devido à cor do revestimento de suas poltronas e paredes. O piso do Salão Vermelho é em mosaico de carvalho.

Lembram que todos os materiais deveriam ser húngaros, com somente cinco exceções? O carvalho deste piso é uma delas. Observem o detalhe do piso na foto ao lado.

O Salão Vermelho ainda é usado para receber personalidades e também é usado para que os artistas do mundo da ópera façam suas coletivas de imprensa.

Curtindo um mini concerto

No final da visita guiada os grupos de turistas vão se juntando na Grande Escadaria e cada um vai se acomodando como pode. 🙂 Os grupos que chegaram antes pegaram os melhores lugares e se acomodaram nos degraus da escada, quem chega depois fica onde dá! Eu consegui um lugar na balaustrada lateral mas fiquei o tempo todo em pé tentando gravar pelo meu celular.

Quando forem visitar a Ópera de Budapeste, escolham o horário do mini concerto, vejam nos vídeos abaixo, já dando o desconto pelo amadorismo da minha gravação (meu celular 🙂 ). Agradeço à Maria Vitória pela edição do vídeo, valeu guria!

Início do mini concerto

parte dois

Últimas músicas do mini concerto da visita guiada.

Escolhendo o horário da visita

Escolham bem o horário da visita para curtirem o mini concerto nas escadarias da Ópera. Verifiquem no site oficial quais horários atuais de visita guiada que têm o mini concerto. Nós escolhemos o das 16h e por isso nosso roteiro do primeiro dia em Budapeste ficou meio em zig-zag. 🙂

Mini-Concerto, Ópera de Budapeste.
Mini-Concerto.

Os ingressos podem ser comprados on-line ou no local com pelo menos 20 minutos de antecedência do início do tour.

Os tours eram oferecidos em inglês, francês, espanhol e italiano. Meu marido e os filhos escolheram o tour em inglês (que era o de maior procura) e eu escolhi em espanhol, já que não domino o inglês.

Revisitando o Site Oficial da Ópera percebi que os tours passaram a ser somente em inglês, então… bora estudar!

Os ingressos custam em torno de 8€ por pessoa e há descontos para estudantes com a apresentação da carteira internacional de estudante e também para maiores de 65 anos.

Localização e como chegar

Endereço: Avenida Andrássy, 22
(entrada pelo Terraço da Esfinge em Dalszínház utca).
Metrô: Ópera, linha  amarela M1
Ônibus: Ópera, linha 105.

O edifício da Ópera da Hungria está localizado no início da Avenida Andrássy, muito próximo da Basílica de São Estevão.

A famosa Avenida Andrássy

A Avenida Andrássy (Andrássy út) é uma das vias históricas de Budapeste. Possui aproximadamente 3 km de extensão e vai da Praça Erzsébet até a Praça dos Heróis, terminando no Parque da Cidade, que visitamos em nosso terceiro dia na cidade. Em 2002, a Avenida Andrássy foi declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, pelas belas fachadas das casas e palácios renascentistas que aqui se conservam.

 Drechsler Palace, Budapeste
Drechsler Palace, Budapeste

Como toda avenida famosa, além dos belos edifícios palacianos, têm diversos restaurantes e lojas de grifes famosas.

Nós almoçamos neste aqui, Restaurante Puli (Andrássy út 34). Quer dizer, não sei se almoçamos ou jantarmos, porque nossos horários de almoço eram tão extravagantes que ficavam entre os horários padrão de almoço ou jantar. Só posso dizer que gostei. 🙂

Budapeste, Hungria
Budapeste, restaurante onde almoçamos

Hospedagem em Budapeste

Nos hospedamos no Nova Aparthotell que, como já comentei em posts anteriores, fica na região central da cidade, no lado Peste e pertinho do edifício da Ópera de Budapeste.  Aquela estrelinha amarela quase no pé do mapa é o nosso aparthotel. Observe que é bem próximo da Ópera e da Grande Sinagoga que visitamos no terceiro dia. Conto sobre a Sinagoga, a Praça dos Heróis e o Parque na Cidade neste post aqui.

Budapeste,

O nosso apartamento tinha dois quartos e sala e cozinha conjugadas, muito confortável.

Procurei hospedagem pelo Airbnb e pelo Booking.com. Pelo booking selecionei 10 apartamentos que eu gostei. Para quem quiser aproveitar minha pesquisa, coloquei a relação dos apartamentos pré-selecionados neste post aqui.

Edifício do Parlamento - Budapeste
O Edifício do Parlamento da Hungria em Budapeste

 

Por onde andamos
Eurotrip: nossa viagem pela Áustria, Polônia, Eslováquia e Hungria.
Viajando de automóvel pelos países da Europa Central - todas as dicas.

Na Polônia
Visitando Cracóvia, Auschwitz e a Mina de Sal na Polônia

Hungria - Budapeste
O que fazer em Budapeste – roteiro de três dias
Conhecendo o lado Buda da cidade de Budapeste
O que fazer no lado Peste de Budapeste
A Praça dos heróis, o Parque Városliget, a Grande Sinagoga e mais de Budapeste
A Visita Guiada à Ópera de Budapeste

Eslováquia
Eslováquia, porque você tem que conhecer
O espetacular Castelo de Orava na Eslováquia
A aldeia Vlkolínec, onde o tempo parou no passado
O que conhecer na Bratislava, a capital da Eslováquia
Visitando as ruínas do Castelo Devín

Áustria
Conhecendo a cidade de Viena, muitas informações e dicas
Onde se hospedar em Viena
Visita ao Palácio de Schönbrunn em Viena
8 Castelos, Palácios e Abadias próximos de Viena para conhecer num bate-volta

Parlamento em Budapeste
O edifício do Parlamento. Foto: Maria Vitória

Para planejar sua viagem

Booking.com - Hotel, hostel ou apartamento? No booking é fácil reservar e fácil de cancelar. Aproveite os descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis. Observe as regras de cancelamento de cada hospedagem.

Airbnb - Se viajar mais como local do que como turista é o seu estilo, no Airbnb você encontra casas, apartamentos e até quartos na casa de alguém.

Flixbus - A Flixbus é uma empresa de ônibus que atua em grande parte da Europa. São 1.700 destinos em 28 países.

Aluguel de automóvel - Pensando em alugar um carro? Na Rentcars você paga em reais e sem IOF nas reservas internacionais feitas no Brasil.

Seguros Promo - Você escolhe a seguradora entre as mais famosas do mercado.

Reservas on-line de passeios, ingressos e outras atividades turísticas
No Brasil - TourOn
No exterior - GetYourGuide e Civitatis

Gostou do blog? 😊 O Conheci e Curti participa de programas de afiliados de empresas do setor de viagens e turismo. Isso significa que se você fizer alguma reserva através dos links aqui no blog você nos ajuda com uma pequena comissão. Você não paga nada mais por isso e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo para o Conheci e Curti!

 

Referências

Nossa experiência pessoal
Ópera Estatal da Hungria

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.