Eurotrip: nossa viagem pela Áustria, Polônia, Eslováquia e Hungria

Eutrotrip - Nossa viagem pela Áustria, Polônia, Eslováquia e Hungria.

Quatro países, quatro línguas diferentes e três moedas!

Foram 18 dias de viagem pela Europa Central, onde passamos por 4 países, com 4 línguas diferentes e três moedas distintas. Visitamos a Polônia, a Eslováquia, a Hungria e a Áustria.

Foram três meses de muita pesquisa, dúvidas, certezas e ansiedade para concretizarmos essa viagem. Neste post e nos subsequentes, vou contar o que aprendemos e o que visitamos. São muitas dicas valiosas para quem quer explorar esse pedacinho da Europa.

Cracóvia na Polônia.
Cracóvia na Polônia.

Viajamos em grupo familiar desde quando nossos filhos eram pequenos e até hoje quando eles já são adultos e independentes. Quando dá, vamos todos, quando não dá vai quem pode ir. Desta vez estávamos em cinco pessoas.

Rua de Bratislava
Bratislava, capital da Eslováquia. Observem o cavalete do restaurante, hahaha

Eu sempre fui a líder ou a “quase a guia” das nossas viagens, mas nesta entreguei o bastão para os filhos. Essa passagem de bastão já começou na viagem para Bremen no final do ano passado. 🙂

Parlamento em Budapeste
O edifício do Parlamento em Budapeste, Hungria. Foto: Maria Vitória

Segredos de uma viagem econômica

O segredo de viajar de forma econômica é o planejamento. Uma viagem planejada com antecedência não fica cara. Planejamos normalmente com três a quatro meses de antecedência. Logicamente que opções individuais interferem no custo de uma viagem. Quem quiser experimentar bons restaurantes, ou se afundar em compras vai gastar mais mesmo. Nosso estilo é o econômico com conforto. Não gosto de luxo, mas o hotel ou apartamento alugado tem que ser confortável.

O booking entrou forte no campo de hospedagem em apartamentos. Nesta viagem nos hospedamos só em apartamentos ou aparthotel reservados através do booking. Todos confortáveis, alguns espetaculares e num preço incrível. Para vocês terem uma ideia foram 16 diárias para cinco pessoas, sendo 8 diárias em Viena considerada uma cidade cara. Pagamos em média 91,12 € por dia para hospedar cinco pessoas, o que dá um valor de hospedagem de 18,23 € por dia por pessoa. Quase preço de hostel! 🙂 Isso porque tivemos que alugar apartamentos grandes.

Olhem que lindo o apartamento que alugamos em Viena no início da viagem. Novíssimo, super equipado com forno elétrico, forno de micro-ondas, jarra elétrica, máquina de café entre outras facilidades.

Apartamento em Viena, Áustria.
Nosso apartamento em Viena. Estávamos nos preparando para o jantar.

Uma #dica para viajar mais barato é fugir dos meses de alta temporada. Nós normalmente viajamos depois da segunda quinzena de agosto, ou antes do mês de julho, que é quando as passagens aéreas estão mais baratas. Em agosto, na Europa, o tempo ainda está quente e já diminuiu o fluxo de turistas, o que reduz o preço da viagem.

Automóvel ou transporte público?

Essa foi uma das angustias da viagem e deu muito stress para decidir. Alugar um automóvel ou utilizar transporte público? Decidimos pelo automóvel para poder ir parando nas pequenas cidades do caminho. Hoje sei que foi a melhor opção para nós, fizemos uma viagem linda. Escrevi um post específico sobre a viagem de automóvel, super dicas, clique e veja.

Uma pequena cidade da Áustria.
Uma pequena cidade da Áustria.

Inicialmente tínhamos pensando em colocar Praga no roteiro, mas achamos que ficaria muito corrido e não teríamos tempo para ver a cidade como ela merece. Antes de fechar o roteiro abaixo, havíamos pensado em passar por Košice ao invés de Ružomberok ambas na Eslováquia, mas Ružomberok venceu pelos castelos, ruínas e aldeias da região.

Vlkolínec, Eslováquia
As casas típicas em madeira na rua principal de Vlkolínec, Eslováquia. Foto: Mª Vitória

Nosso roteiro final ficou assim definido, depois de muitas pesquisas (e trocas 🙂 ).

Roteiro da Viagem

  • 1º dia – Saindo do Brasil pela manhã com destino à Viena (conexão em Frankfurt).
  • 2º dia – Chegando em Viena às 19h20  jantar e pernoite (pernoite Viena).
  • 3º, 4º, 5º e 6 º dia – Curtindo a cidade de Viena.
  • 7º dia – Alugamos um carro e saímos de Viena com destino à Polônia (pernoite Cracóvia).
  • 8º e 9º dia – Curtindo Cracóvia, Auschwitz e a Mina de Sal na Polônia  (pernoite Cracóvia).
  • 10º dia – Saimos da Cracóvia com destino Ružomberok (pernoite em Rybárpole). 
  • 11º dia – Saindo de Rybárpole, conhecemos o Castelo de Orava, a Aldeia Vlkolínec e seguimos para Budapeste (pernoite Budapeste).
  • 12º, 13º, 14º dia – Curtindo três dias em Budapeste (pernoite Budapeste).
  • 15º dia – Saímos de Budapeste com destino à Bratislava, depois Castelo Devin e fomos para Viena (pernoite em Viena).
  • 16º e 17º – Rota dos Castelos e Abadias próximos de Viena (pernoite em Viena).
  • 18º dia – Fim de viagem, retorno de Viena para o Brasil (com conexão em Paris).
  • 19º dia – Chegada no Brasil.

Em Viena, utilizamos o transporte público. Foram quatro dias de metrô e ônibus andando pela cidade, bem tranquilo!  Alugamos o carro para o restante do roteiro, assim, para aproveitar o carro, deixamos os castelos de abadias que podem ser visitados a partir de um bate-volta de Viena, para o final.

Abadia de Melk, Áustria
Visão da Abadia no topo da colina, Áustria. Fizemos essa foto de dentro do carro. Foto: Maria Vitória.

Quem for para Viena, se puder, não fique só na cidade, tente encaixar algum castelo ou abadia próximo, são lindos!!!

Castelo Kreuzenstein, Áustria
O Castelo de Kreuzenstein, Áustria.

Algumas informações úteis para quem viaja

Não sentimos muita dificuldade de comunicação porque lá quase todos falam inglês e como meus filhos são fluentes em alemão e inglês, não tivemos problemas. Nas poucas ocasiões onde a pessoa não falava inglês ou alemão, resolvemos por mímica.

Quando iniciamos o planejamento de uma viagem para um local que não conhecemos as perguntas básicas são sobre a moeda local, como fazer câmbio, qual chip de celular usar, qual o padrão das tomadas, como é o clima, dá pra falar em inglês?  Então, vamos lá!

Chip para celular

Chip pré-pago para celular.
Chip pré-pago para celular.

Compramos os chips da Vodafone na Alemanha. Como minha filha faz seu mestrado lá, ficava mais fácil ela comprar para nós. A Vodafone da Alemanha tem um chip pré-pago num preço muito bom! Pagamos 10€ pelo chip, não sei se em outros países vendem esse de 10€. Se alguém souber e quiser deixar a dica nos comentários, os viajantes agradecem. 😉

Desde junho de 2017 estão em vigor as novas regras de roaming internacional na União Europeia. Na maioria dos países europeus você usa seu chip como local, pagando as tarifas como se estivesse no país onde você adquiriu o chip. Mais detalhes sobre o roaming internacional pode ser encontrado no  site Prepaid Data SIM Card Wiki. O chip pré-pago, comprado na Alemanha, tem que ser registrado no nome do comprador, para isso deve ser apresentado um documento oficial, ou seja, o passaporte. Importante comprar pré-pago, nada de contrato! Existem outras opções no pré-pago, mas para nossas necessidades este de 1,5 GB era suficiente.

Obs.: Quando viajamos para Portugal também usamos o Vodafone. Compramos o chip no aeroporto de Lisboa, assim que chegamos.

Chip pré-pago para celular.
Chip pré-pago para celular.

Padrão das Tomadas

As tomadas nos quatro países são de pino redondo como na foto. A voltagem nos quatro países é 230V. Desculpem a foto totalmente torta, fiz a foto correndo e ficou assim. 🙁

Tomadas, Europa.
Esse é o tipo da tomada nos países que visitamos

As moedas e o câmbio

Na Áustria e Eslováquia a moeda oficial é o Euro. Na Polônia é o Złoty  e na Hungria é o Florim. Na República Tcheca é a Coroa tcheca. Embora não tenhamos visitado nenhuma cidade da República Tcheca, nossa ideia inicial era também conhecer Praga, por isso pesquisamos sobre o país.

Cotações das moedas na ocasião de nossa viagem

República Tcheca (coroa tcheca) 1 Euro = 25,724 CZK
Polônia (Złoty) 1 Euro = 4,30 Złoty (PLN)
1 Złoty +- R$1,00 (como referência)
Eslováquia e Áustria  a moeda é o euro
Hungria (Florim Húngaro) 1 Euro = 319,68 Florins (HUF)
Brasil 1 Euro = 4,92 Reais  (sem IOF)

Locais que conhecemos nesta viagem

Abaixo estão os posts dos locais que conhecemos nesta viagem. Cada um com sua peculiaridade, todos de uma beleza incrível.

Por onde andamos
Eurotrip: nossa viagem pela Áustria, Polônia, Eslováquia e Hungria.
Viajando de automóvel pelos países da Europa Central - todas as dicas.

Na Polônia
Visitando Cracóvia, Auschwitz e a Mina de Sal na Polônia

Hungria - Budapeste
O que fazer em Budapeste – roteiro de três dias
Conhecendo o lado Buda da cidade de Budapeste
O que fazer no lado Peste de Budapeste
A Praça dos heróis, o Parque Városliget, a Grande Sinagoga e mais de Budapeste
A Visita Guiada à Ópera de Budapeste

Eslováquia
Eslováquia, porque você tem que conhecer
O espetacular Castelo de Orava na Eslováquia
A aldeia Vlkolínec, onde o tempo parou no passado
O que conhecer na Bratislava, a capital da Eslováquia
Visitando as ruínas do Castelo Devín

Áustria
Conhecendo a cidade de Viena, muitas informações e dicas
Onde se hospedar em Viena
Visita ao Palácio de Schönbrunn em Viena
8 Castelos, Palácios e Abadias da Áustria para conhecer num bate-volta de Viena

 

Vista dos rios Danúbio e Morava no Castelo Devín, Eslováquia
Dá pra perder um dia só nessa paisagem. Ruínas do Castelo Devín, Eslováquia.

Resumo das dicas

  • Seguro Viagem é obrigatório para ir para a Europa, não esqueça disso.
  • Para fazer viagem econômica, se puder, fuja do mês de julho.
  • Viajar no final de agosto é interessante, sempre dá para emendar com o feriado de sete de setembro.
  • Agosto na Europa é bom, o detalhe é na área cultural, quando todos os grandes teatros estão fechados.
  • Quando vamos para a Europa, eu procuro fazer viagens em torno de 18 dias. Acho esse um tempo ideal, considerando que perdemos de dois a três dias no deslocamento de ida e de volta.
  • Câmbio dá para fazer nas casas de câmbio ou retirar dinheiro nas máquinas ATM. A desvantagem das máquinas ATM é o IOF (caro), a vantagem é o conforto para fazer o câmbio.
  • Sempre que possível, compre chip pré-pago de celular lá. São bem mais baratos.
  • Alugar apartamento pode ser  mais econômico que ficar em hotel, se você estiver viajando em mais de duas pessoas. Como os hotéis cobram o café da manhã na base de 7€ a 10€, imagine o custo disso para cinco pessoas.
  • As estradas deles são ótimas, bem melhores que as nossas. 😉
  • Ter um inglês intermediário resolve 90% de sua comunicação em viagens, se seu inglês é ruim (o meu é) procure melhorar. A internet está aí para ajudar.
Castelo Aggstein - Áustria
Castelo Aggstein, Áustria. Foto de: Mª Vitória

Para planejar sua viagem

Booking.com - Hotel, hostel ou apartamento? No booking é fácil reservar e fácil de cancelar. Aproveite os descontos exclusivos e as reservas com cancelamento grátis. Observe as regras de cancelamento de cada hospedagem.

Airbnb - Se viajar mais como local do que como turista é o seu estilo, no Airbnb você encontra casas, apartamentos e até quartos na casa de alguém.

Flixbus - A Flixbus é uma empresa de ônibus que atua em grande parte da Europa. São 1.700 destinos em 28 países.

Aluguel de automóvel - Pensando em alugar um carro? Pesquise a Rentcars, você paga em reais e sem IOF nas reservas internacionais feitas no Brasil.

Seguros Promo - Você escolhe a seguradora entre as mais famosas do mercado.

Reservas on-line de passeios, ingressos e outras atividades turísticas
No Brasil - TourOn
No exterior - GetYourGuide e Civitatis

Gostou do blog? 😊 Participamos de programas de afiliados de empresas do setor de viagens e turismo. Se você fizer uma reserva através dos nossos links, este blog recebe uma pequena comissão. Você não paga nada mais por isso e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo. 

Se você gostou do post, deixe seu “joinha” pra a gente, clicando no curtir abaixo. 😉

Deixe sua opinião nos comentários.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: