Vila de Óbidos, Portuga

A Vila de Óbidos, a prenda de casamento da Rainha Santa Isabel.

Portugal, diário de uma viagem – A Vila de Óbidos.

No nosso 2º dia de viagem, planejamos conhecer a Vila de Óbidos e os Mosteiros de Alcobaça e da Batalha. É um pouco corrido fazer esses três passeios num só dia, mas como o próximo pernoite era em Coimbra, ou administrávamos nosso tempo ou pulávamos algum desse lugares. Mas como pular um deles? Não dá!

A Vila de Óbidos pertence ao distrito de Leiria e fica a 84 km ao norte de Lisboa indo pela rodovia A8. De carro a viagem dura em torno de 1 hora. Para quem vai de automóvel, existem parques de estacionamento na parte externa do centro histórico. O centro histórico da Vila é cercado por muralhas e as casinhas no interior da muralha são todas pintadas de branco, com detalhes coloridos.

Rua Direita, Vila de Óbidos, Portugal
Via de Óbidos, Rua Direita.

Conforme descrito no Site Oficial de Óbidos, a vila foi fundada pelos Celtas em 308 a.C. No século I Óbidos é conquistada pelos Romanos, depois foi dominada pelos Visigodos nos séculos V-VI e no século VIII os Mouros ocuparam a vila. Em 11 de janeiro de 1148, Dom Afonso Henriques, 1º Rei de Portugal, conquista Óbidos. Mais tarde, em 1282, D. Dinis deu a Vila de Óbidos de presente de casamento para sua esposa, a Rainha Santa Isabel. Com a doação da vila como prenda de casamento, Óbidos passou a fazer parte do dote de todas as rainhas de  Portugal até 1834.

Óbidos, Portugal. A Vila e a muralha.
Óbidos, a Vila e a muralha.

Na época das disputas com Castela, entre 1383 e 1385, João Gonçalves, o alcaide do Castelo de Óbidos, ficou do lado de D. Juan de Castela e logicamente contra D. João, Mestre de Avis, embora não fosse essa a posição dos moradores da vila. Com o falecimento de João Gonçalves na batalha de Aljubarrota, seu filho, Vasco Gonçalves Teixeira, entrega o castelo a D. João I de Portugal, o Mestre de Avis.

Óbidos, Portugal. Vista da parte intra e extra muros
Óbidos, vista da parte intra e extra muros

Em frente à entrada da parte murada da vila há parques de estacionamento para automóveis e ônibus de turismo. Deixando o carro num desses parques, um pouco antes do Portal da vila há um posto de turismo onde é possível pegar o mapa com as informações turísticas. Mapa na mão, é só atravessar o Portal da Vila e se perder pelas ruelas dessa vila encantadora.

Porta da Vila

Porta da Vila de Óbidos, Portugal
Porta da Vila de Óbidos

A principal porta de acesso à Vila, foi construída em torno de 1380. No seu interior encontra-se o oratório de Nossa Senhora da Piedade, todo em azulejos azul e branco.

Oratório Nossa Sra. da Piedade. Porta da Vila de Óbidos, Portugal.
Oratório Nossa Sra. da Piedade. Porta da Vila de Óbidos, Portugal.

Atravessando o Portal de entrada chegamos na rua Direita, a principal rua da vila murada, com seu calçamento de pedra e as casas, pintadas de branco, abrigando lojas de artesanato, restaurantes e tudo mais que atraia turista. A Vila de Óbidos é um destino muito procurado pelos turistas.

Rua Direita, Óbidos - Portugal.
Rua Direita, Óbidos.

Seguindo por essa rua até seu final chegamos ao Castelo, que não pode ser visitado no seu interior por ter se tornado uma pousada. Atribui-se origem romana ao Castelo de Óbidos.

Castelo de Óbidos, Portugal
Castelo de Óbidos

No percurso entre o Portal da Vila e o Castelo, encontra-se a Igreja Santa Maria, Igreja Matriz, localizada na praça de mesmo nome, é o principal templo de Óbidos.

Igreja Santa Maria em Óbidos, Portugal.
Igreja Santa Maria em Óbidos, Portugal. Foto: Maria Eugênia

Em seu interior,  as paredes são revestidas até o teto com azulejos setecentistas (azulejos do século XVIII).

Interior da Igreja de Santa Maria - Óbidos.
Interior da Igreja de Santa Maria. Observe o revestimento da parede. Foto: Maria Eugênia

A vila toda é uma graça! Seguindo ainda pela rua direita, um pouco antes de chegarmos ao Castelo, encontramos a Igreja de São Tiago, ou Santiago. Situada na entrada do Castelo, a Igreja de São Tiago foi construída em 1186 por ordem de D. Sancho I. Foi destruída pelo terremoto de 1755 e reconstruída posteriormente, a reconstrução foi concluída no ano de 1778. A Igreja foi utilizada como apoio aos peregrinos que iam para Santigo de Compostela. Hoje funciona como uma livraria.

Igreja de São Tiago ou Santiago em Óbidos - Portugal.
Igreja de São Tiago, Óbidos – Portugal.

Ao lado dessa Igreja há um caminho que leva para um local com elementos de tortura, um local que não me trás felicidade em visitar. Alguns turistas brincavam alegremente nos instrumentos de tortura ali expostos, infelizmente tem gente que age assim 🙁

Subir e passear nas muralhas da Vila é show! A muralha tem ao todo em torno de 1.600 metros e pode-se percorrê-la senão em sua totalidade, pelo em quase a totalidade. De cima da muralha temos uma bela visão panorâmica da vila intra muros e da parte externa da vila murada.

Muralhas e Castelo da Vila de Óbidos, Portugal
Muralhas e Castelo da Vila de Óbidos

Óbidos também é famosa pela Ginjinha, um licor feito à base de Ginja, um fruto semelhante à cereja e servido em copinhos de chocolate. É vendido em praticamente todos os lugares da Vila. Não deixe de experimentar, é uma delícia.

Ginjinha de Óbidos - Portugal
Ginjinha de Óbidos – Portugal. Foto: Maria Eugênia

O que fazer
– Andar pelas ruelas da Vila.
– Conhecer o interior da Igreja de Santa Maria.
– Visitar o exterior do Castelo.
– Andar pela muralhas.
– Experimentar a ginjinha de Óbidos.

Onde comer
Há vários restaurantes e locais de lanches rápidos ao longo da Rua Direita e nas ruelas transversais. Não experimentamos os restaurantes, estávamos atrasados em nosso cronograma de passeio. Compramos um sanduíche e fomos comendo no carro com destino ao nosso próximo passeio, o Mosteiro de Alcobaça.

Onde ficar
Óbidos tem mais de 300 opções de hospedagem relacionadas no booking.com  Acesse o site e veja qual a que mais te agrada e que melhor se enquadra no seu perfil e no seu orçamento. Atenção: Se na opção de reserva estiver escrito “Não reembolsável” você será cobrado em 100% do preço total caso cancele a reserva. Veja bem isso na hora de reservar, no mais não tem erro, o site é super fácil de operar.

Como chegar de automóvel – Saindo de Lisboa, pega-se a rodovia A8 e deixa a rodovia na saída 15. Depois que deixar a rodovia pela 15, vamos encontrar uma rotatória com indicação para Caldas da Rainha e Peniche, pega-se a N8 no sentido Peniche. Na rotatória é bem sinalizada a direção para Óbidos.

Seguindo por essa via, num dado momento, você passará por baixo dos arcos do aqueduto.

Logo após os arcos estão os estacionamentos. O do lado direito (asfaltado) está sempre mais cheio, estacionar no do lado esquerdo é mais tranquilo. Ambos são pagos. Estacionamos no parque do daldo esquerdo da estrada, o que não é asfaltado, o estacionamento é pago, mas é barato. O parque de estacionamento do lado direito chama-se “Parking Ville Fortifiée Obidos“, esse nome pode ser útil para ser achado pelo GPS 🙂

obidos-como-chegar
Óbidos, como chegar. Clique para ampliar

É possível, também ir de ônibus ou de trem. Para saber como chegar de ônibus, a partir de Lisboa, clique aqui.  O Site Oficial da Vila de Óbidos não recomenda a viagem de trem (comboio) porque a estação fica longe do centro da vila.

#Dicas do Conheci e Curti
– Reserve pelo menos 4 horas para Óbidos. Ficamos menos que isso e achei pouco. Se puder passe o dia na Vila de Óbidos.
– Acontecem grandes Eventos Temáticos na Vila de Óbidos, como o Mercado Medieval, Óbidos Vila Natal, entre outros. Se puder, programe-se para assistir um desses eventos.

Os posts dessa viagem, ou por onde andamos 
Portugal, um país para conhecer, curtir e voltar…
Chegando em Lisboa
– A Vila de Óbidos, a prenda de casamento da Rainha Santa Isabel
Mosteiro de Alcobaça, Pedro e Inês de Castro
O Mosteiro da Batalha, Aljubarrota e a promessa de D. João de Avis
Coimbra
Coimbra e Mosteiro de Santa Clara-a-Velha
Coimbra em fotos
A Universidade de Coimbra
Braga, o Coração do Minho
Fotos do Santuário do Bom Jesus do Monte
Guimarães, Aqui Nasceu Portugal
A Quinta da Aveleda, o passeio e a degustação de vinhos
Guarda, a Serra da Estrela e as Aldeias Históricas de Portugal
A aldeia histórica de Trancoso e muitas emoções nesse dia
A aldeia de Marialva e o Museu do Côa
A aldeia de Castelo Rodrigo e a bronca das meninas
A aldeia de Sortelha em Portugal
A aldeia de Monsanto e a Casa da Tia Piedade
e muito mais…
Foto de capa: Di Xavier

Ginja de Óbidos, Portugal

Links
Site Oficial da Vila de Óbidos
Rodoviária do Tejo

Procurando hotel para sua próxima viagem? No booking.com você reserva, cancela e altera suas reservas com muita facilidade e ainda consegue os melhores preços. Acesse e confira.

Booking.com - Melhor site de reserva de hotéis
Booking.com – Melhor site de reserva de hotéis

Veja também

Deixe uma resposta