O que conhecer na Bratislava, a capital da Eslováquia

Bratislava, Hlavné Namestie

Bratislava, a capital da Eslováquia, tem uma posição geográfica curiosa para uma capital de país. Está localizada muito próxima de duas fronteiras, a da Áustria e da Hungria.

Banhada pelo rio Danúbio, a simpática Bratislava pode ser conhecida num dia se você for bem eficiente na administração do tempo.

O trajeto de Budapeste para Viena passa por Bratislava, com isso é muito fácil colocá-la no roteiro da viagem e foi o que nós fizemos. Neste post eu conto que dá pra fazer em um dia na cidade.

Bratislava, capital da Eslováquia.
Bratislava, capital da Eslováquia. Foto: Maria Eugênia

Como comentei no post inicial dessa viagem, nosso roteiro começou em Viena, fomos para a Cracóvia, cruzamos a Eslováquia no sentido norte-sul para irmos para Budapeste e passamos novamente pela Eslováquia, no final da viagem, quando voltávamos para Viena, e foi nessa etapa da viagem que conhecemos Bratislava.

Chegando em Bratislava

De Budapeste para Bratislava dá aproximadamente duas horas de viagem, de automóvel. Fechamos o aparthotel de Budapeste, entregarmos as chaves e partimos com destino à Bratislava. O dia estava bonito, com sol de verão e a estrada é muito boa. Apesar das placas em húngaro e eslovaco, não foi difícil dirigir por lá. O maior trecho percorrido de estrada está em território húngaro, pois após cruzar a fronteira, rodando apenas 20 km já estamos na cidade de Bratislava.

Cruzando a fronteira entre Hungria e Eslováquia
Chegando na Fronteira da Hungria com Eslováquia

Nessa região da fronteira tem indicações de onde comprar o vignette. Nós já havíamos comprado o nosso e não precisamos parar aqui para comprar. Se você está planejando viajar de automóvel, leia o post sobre vignettes, pedágios e outras informações importantes para quem vai dirigir por esses países, têm muitas dicas lá.

A Eslováquia é um país muito novo, até 1992 Eslováquia e República Tcheca formavam um só país, a Tchecoslováquia. Em janeiro de 1993 os dois países se separam no que ficou conhecida como Separação de Veludo, por ter ocorrido de maneira pacífica. A Eslováquia atualmente é considerada um país de economia avançada, de alta renda. Pertence à União Europeia desde 2004 e faz parte do Espaço Schengen e da zona do euro.

Chegando em Bratislava
Chegando em Bratislava, à esquerda o castelo, em frente o UFO.

Chegando em Bratislava, já da estrada dá para ver o Castelo de Bratislava no alto da colina, à esquerda, logo após o cruzamento do Rio Danúbio.

Rio Danúbio, Bratislava
Chegando em Bratislava e cruzando do Rio Danúbio,

O que conhecer na Bratislava em um dia

Mapa turístico de Bratislava
Mapa turístico de Bratislava

Vou contar para vocês como foi nossa visita. Como não somos uma “revista de viagem”, somos só brasileiros turistando, tivemos nossos perrengues como todo mundo.

Não fizemos muito planejamento do que conhecer na cidade, pensamos assim: vamos ao centro histórico, deixamos o carro num estacionamento e vamos conhecer a cidade a pé, e foi o que fizemos.

Estacionamos próximo do Centro de Informações Turísticas e meu marido e meu filho foram lá pegar um mapa da cidade, um guia turístico que pudesse nos orientar como esse aqui, que aliás é deles.

Não sei porque não deram o mapa, então eles pegaram um folder que não serviu absolutamente para nada. Sem mapa da cidade e só com a ajuda do Google no celular, conhecemos o que deu.

Para vocês não passarem o mesmo sufoco que passamos, cliquem na imagem acima, baixem o mapa da cidade e levem com vocês. 😉

O Centro de Informações Turísticas fica na praça Primaciálne námestie (námestie é praça em eslovaco). Em inglês Primate’s Square, é onde se encontra o Palácio dos Primados, uma construção do século 18 e o Museu da cidade de Bratislava.

Museu da cidade -Bratislava
O pátio do Museu da cidade de Bratislava

Na frente do museu acontecia uma feira de ciências.

Primaciálne námestie - Bratislava
Primaciálne námestie, Praça dos Primados, no Centro Histórico da Eslováquia

Hlavné Namestie, a praça principal

A Hlavné namestie é a praça principal da cidade, chegamos nela por acaso pelo pátio do museu. Fomos andando, cruzamos o pátio do museu e chegamos aqui. 🙂

A praça é cercada por vários edifícios antigos, abriga cafés, restaurantes, uma feirinha, e no centro da praça está a fonte Roland também chamada de fonte Maximiliano.

Hlavné Namestie, Bratislava
Hlavné Namestie, a praça principal de Bratislava
Hlavné Namestie, é a praça principal
Hlavné Namestie, a praça principal de Bratislava e a feirinha

A fonte Roland ou fonte Maximiliano

A fonte Roland ou fonte Maximiliano não é só uma fonte bonita decorando a praça  principal. Essa fonte foi mandada construir em 1572, por Maximiliano II, rei da Hungria, para fornecer abastecimento público de água para a população. A fonte é encimada por uma estátua do próprio Maximiliano.

Fonte Maximiliano / Roland. Bratislava, Slováquia
Fonte Maximiliano em Bratislava. Foto: Maria Eugênia

Uma pitada de história
Mas porque o rei da Hungria mandou construir uma fonte aqui na Eslováquia? É que no século X, este território tornou-se parte da Hungria, do chamado Reino da Hungria. Nas idas e vindas das guerras e ocupações da época, com o avanço dos otomanos sobre o território húngaro, a cidade de Pressburg (nome alemão da Bratislava) se tornou, em 1536, a nova capital da Hungria, passando a fazer parte da monarquia de Habsburgo, o que marca o início de uma nova era de desenvolvimento para a cidade.

A família Habsburgo é aquela família poderosa da Áustria. A Monarquia de Habsburgo desenvolveu-se das terras hereditárias dos Habsburgo, grande parte delas localizadas nos atuais territórios da Áustria e da Eslovênia, que os Habsburgos já possuíam desde 1278. A Monarquia aumentou sua importância na Europa a partir de 1526, quando o arquiduque Fernando da Áustria foi eleito Rei da Boêmia e Hungria após a morte de Luís II. A partir dali, a Monarquia cresceu a ponto de chegar a governar, num dado momento, mais da metade do território europeu. (Wikipédia).

A princesa Maria Leopoldina (Carolina Josefa Leopoldina Francisca Fernanda de Habsburgo-Lorena) esposa de D. Pedro I e Imperatriz do Império do Brasil é uma Habsburgo. Ela nasceu e passou sua infância no Palácio de Schönbrunn em Viena.

 

A City Tower e a Igreja Franciscana

Junto ao edifício do museu está a City Tower (Torre da Cidade), cuja construção começou em 1.574.

City Tower, Bratislava
A City Tower e a Igreja Franciscana

Ao lado da City Tower, separada desta por uma rua bem estreita, está a Igreja Franciscana, é o edifício religioso mais antigo da cidade. A Igreja foi consagrada em 1297 na presença do rei André III da Hungria, porque como falei acima, o território de Bratislava, na época pertencia à Hungria. O edifício da Igreja foi danificado várias vezes por fogo e terremotos e apenas uma pequena parte de sua construção original conseguiu sair preservada dessas tragédias.

Igreja Franciscana na Hlavné Namestie,, Bratislava
A Igreja Franciscana na (praça) Hlavné Namestie

As esculturas de Bratislava

A cidade de Bratislava tem em seu centro histórico várias esculturas curiosas que fazem a alegria dos turistas. Uma delas é essa estátua de Napoleão que se encontra na (praça) Hlavné namestie em frente ao edifício da embaixada da França. Há fila de turistas querendo fazer selfie com a estátua, foi difícil conseguirmos esse instante dela sozinha.

Estátua de Napoleão na praça Hlavné - Bratislava
Olhem o estado do banco do Napoleão! Hlavné Namesti, Bratislava. Foto: Maria Eugênia

Precisamos almoçar, onde comer?

Já eram duas horas da tarde e começou a bater fome, precisávamos comer!  Sabíamos que no Mercado Central, Stará Tržnica em eslovaco, que significa Mercado Velho, Old Market no inglês, havia praça de alimentação. No desejo de experimentar comidas típicas, pagar barato e comer de um jeito diferente, fomos ao mercado. Não deu nem tempo de tirar uma foto pra mostrar para vocês!

Endereço do Mercado Central : Námestie SNP 484/25, Bratislava-Staré Mesto.

O mercado é aquela confusão típica de um mercado municipal. Venda de frutas, verduras, objetos e no andar de cima era a praça da alimentação. Não era bem uma praça ampla com vários lugares para a gente poder sentar. Eram corredores com um quiosque de comida ao lado do outro e algumas mesas em frente aos quiosques, todas literalmente lotadas. Quando saía alguém de alguma mesa, outro já chegava e sentava no lugar, todo mundo pedindo suas comidas, todo mundo falando, em eslovaco (claro né!) e os turistas aqui sem saber por onde começar. Rodamos aquele mercado inteiro mas não deu, por pura incapacidade nossa de saber pedir a comida!

Bratislava- Capital da Eslováquia.
Eu procurando restaurantes pra almoçar em Bratislava, hahaha. Foto: Maria Eugênia

Aí já começou a bater o mal humor de fome e resolvemos sair e procurar um restaurante que não fosse dos mais caros, entre as dezenas de restaurante das ruas. Começamos a andar pelas ruas do centro histórico e vimos que os eslovacos são meio engraçadões, olhem as placas motivacionais, hahaha.

Rua de Bratislava
Bratislava, observem o cavalete do restaurante, hahaha
Rua de Bratislava
Olhem esse aqui. 🙂 Rua do centro histórico de Bratislava. Foto: Maria Eugênia.

As ruínas da antiga muralha e a Catedral de St. Martin

Após o almoço continuamos explorando o centro histórico de Bratislava e fomos conhecer o trecho ainda existente da antiga muralha e a Catedral. No caminho encontramos uma cerimônia  oficial que não sei o que era. Ficamos observando por alguns minutos e depois seguimos para a Catedral de St Martin.

Bratislava
A cerimônia oficial que presenciamos em Bratislava.

A catedral gótica de Bratislava foi construída no local de uma igreja românica anterior, sua construção data dos séculos XIII-XVI. A Igreja teve um importante papel histórico, servindo como Igreja de coroação do Reino da Hungria entre 1563 e 1830. Foi aqui, nesta Catedral, que Maria Teresa da Áustria foi coroada Rainha da Hungria em 25 de junho de 1741.

Catedral de St. Martin - Bratislava
A Catedral de St. Martin – Bratislava. Foto: Maria Eugênia
Catedral de St. Martin - Bratislava
O interior da Catedral de St. Martin – Bratislava.

Passeamos pela região da antiga muralha da cidade que fica ao lado da Catedral e depois voltamos para pegar o carro no estacionamento para irmos conhecer a Igreja Azul e o Castelo de Bratislava.

Bratislava - a antiga muralha
A antiga muralha ao lado da Catedral de Bratislava

O Castelo de Brastislava fica do outro lado dessa avenida. A construção que parece um disco voador, que se vê sobre a avenida é conhecida como UFO. No UFO há um restaurante cujo preço não tenho a mínima ideia. 😉

ruínas, Catedral, avenida, Ufo, Bratislava
As ruínas, a Catedral, a Avenida e ao fundo o UFO.

A igreja azul

A Igreja de Santa Isabel de Hungria, mais conhecida como Igreja Azul por causa de  sua cor, é uma pequena igreja construída no início do século XX, no estilo Art Nouveau, localizada na região central de Bratislava. Por dentro a decoração e os bancos também são em azul.

Igreja azul - Bratislava
A Igreja de Santa Isabel de Hungria – Igreja azul. Foto: Maria Eugênia

A Igreja fica na rua Bezručova 2 e é fácil de ir a pé. Fomos conhecê-la porque é bastante citada nos roteiros de viagem. Chegamos lá e a Igreja estava fechada, acho que passa boa parte do tempo fechada. Pudemos ver seu interior pela grade da porta. É bonitinha, mas só isso.

O Castelo de Bratislava

Já estava ficando tarde e como queríamos ainda conhecer o Castelo de Bratislava, pegamos o carro e seguirmos para o castelo que fica do outro lado da avenida. Final da tarde, trânsito absurdamente confuso, o GPS nos mandava por caminhos que ficávamos dando voltas no mesmo lugar e não conseguíamos chegar. Depois de mais de três tentativas frustradas de nos entendermos com os caminhos para o castelo, desistimos de visitá-lo e seguimos para as ruínas do Castelo Devín. Se tivéssemos ido a pé, acho que chegaríamos mais fácil, o caminho a pé é cruzando a avenida ali na região Catedral de St. Martin, onde estava ocorrendo o evento oficial.

O Castelo está situado no topo de uma colina e é uma das principais atrações turísticas de Bratislava. Seu interior abriga o Museu Nacional Eslovaco cuja visita é paga, mas a visita aos jardins é livre.

Castelo de Bratislava
O Castelo de Bratislava

As ruínas do Castelo Devín (Devin Castle)

Situado no topo de um penhasco na confluência dos rios Danúbio e Morava, que formam a fronteira com a Áustria, encontram-se as espetaculares ruínas do Castelo Devín. É o ponto turístico mais visitado de toda a Eslováquia.  Quando for visitar a Bratislava, não deixe de conhecer o Castelo Devín. Acertamos em cheio vindo para cá. Conto detalhes no próximo post.

As ruínas do Castelo Devín
As ruínas do Castelo Devín, Eslováquia. Foto: Maria Eugênia

O que faltou conhecer

Não conseguimos conhecer tudo que gostaríamos, faltou tempo e planejamento. O passeio foi um pouco prejudicado por causa do tal mapa que não conseguimos pegar e também porque é bastante corrido conhecer a Bratislava num dia.

Não conseguimos conhecer o Castelo de Bratislava, o Teatro Nacional que fica na Praça Hviezdoslav, também não deu tempo de conhecermos o Palácio Presidencial, entre outros. Eu gostaria de ter explorado mais a cidade, sentado mais nas praças, ter andado mais por suas ruelas, sem tanta correria e sem tanta pressa. Gostaria de ter conhecido o seu lado moderno e também o seu lado não tão turístico.

Eu queria ter conhecido o Memorial de Guerra de Slavín, erguido para comemorar a libertação da cidade pelo Exército Vermelho em abril de 1945. É também onde estão sepultados 6.845 soldados soviéticos que morreram durante as batalhas lutando contra as forças nazistas nas últimas semanas da Segunda Guerra Mundial.

 

Acho que em Bratislava a gente não tem que ficar só no roteiro do centro histórico, tem muita coisa da história atual da Eslováquia, relativas à 2ª  Guerra Mundial e pós 2ª guerra, para serem exploradas. Se eu tiver oportunidade de voltar para Bratislava quero conhecer esse lado da cidade. Tem um tour que parece ser bem legal que é o Tour Era Soviética e Pós-Comunista. 😉

Bratislava
Tour oferecido por GetYourGuide. Créditos da foto: GetYourGuide

Enfim, para ganhar tempo e conseguir ver mais coisas num único dia, uma alternativa é conhecer as principais atrações turísticas da cidade com o trem turístico Prešporáčik. Ele não é caro e poupa tempo. Passa no Castelo de Bratislava e nos principais pontos turísticos, inclusive no Memorial de Slavín. Se nós tivéssemos feito o percurso com o trem turístico, teríamos conseguido ver mais coisas. 😒

trem turístico Prešporáčik
Trem turístico Prešporáči no Castelo de Bratislava. Crédito da foto: Civitatis

Minhas considerações

Algumas áreas da cidade de Bratislva são muito modernas, outras mais antigas, sendo inclusive um pouco parecidas com algumas cidades brasileiras.

Na minha opinião, não podemos dizer que conhecemos a cidade de Bratislava se nos limitarmos somente ao seu centro histórico. Bratislava tem muita história de vida embora a Eslováquia seja um jovem país. Para mim, turismo não é só ver o belo ou o feio, turismo é ver, curtir, conhecer a história da região e aprender com ela.

Achei que um dia foi pouco para conhecer Bratislava, penso que dois dias seria o tempo ideal para explorar a cidade, mas infelizmente não tínhamos mais tempo disponível em nosso roteiro.

Para quem for pernoitar em Bratislava, pode ser interessante explorar a cidade a pé durante o dia e fazer o tour noturno com o trenzinho ou novamente a pé, se não estiver morto de cansaço, rsss.

Finalizando, não deixem de visitar as ruínas do Castelo Devín.

Onde se hospedar

Se você estiver viajando com transporte público, a região do centro histórico é a mais recomendada, porque assim você fica próximo de tudo. Se estiver viajando de automóvel, pense na questão do estacionamento.

Não achei caro o preço do estacionamento no centro da cidade. É um preço que dá para encarar e olha que sou econômica em nossas viagens! 🙂



Booking.com

Localização do Centro de Informação Turística

Endereço: Klobučnícka 2, Bratislava
Horário de funcionamento
Abril a Outubro: das 9h às 19h
Novembro a Março: das 9h às 18h

Estação Central

Endereço: Námestie Franza Liszta 1, Bratislava
Horário de funcionamento: das 9h30 às 18h  (fecha para almoço das 13h30 às 14h)

Para quem está de carro, no centro histórico da cidade há estacionamentos subterrâneos, modernos e confortáveis.  Esse foi o que usamos.

Bratislava estacionamento
Estacionamento no Centro Histórico de Bratislava

 

Bratislava
Observem os detalhes das janelas do edifício do museu. Foto: Maria Eugênia

Para planejar sua viagem

Booking.com - Hotel, hostel ou apartamento? No booking é fácil reservar e fácil de cancelar. Aproveite os descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis. Observe as regras de cancelamento de cada hospedagem.

Airbnb - Se viajar mais como local do que como turista é o seu estilo, no Airbnb você encontra casas, apartamentos e até quartos na casa de alguém.

Flixbus - A Flixbus é uma empresa de ônibus que atua em grande parte da Europa. São 1.700 destinos em 28 países.

Aluguel de automóvel - Pensando em alugar um carro? Na Rentcars você paga em reais e sem IOF nas reservas internacionais feitas no Brasil.

Seguros Promo - Você escolhe a seguradora entre as mais famosas do mercado.

Reservas on-line de passeios, ingressos e outras atividades turísticas
No Brasil - TourOn
No exterior - GetYourGuide e Civitatis

Gostou do blog? 😊 O Conheci e Curti participa de programas de afiliados de empresas do setor de viagens e turismo. Isso significa que se você fizer alguma reserva através dos links aqui no blog você nos ajuda com uma pequena comissão. Você não paga nada mais por isso e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo para o Conheci e Curti!

 

Referências

Visit Bratislava
Wikipédia
Slovakia.travel

4 comments

  1. Bom dia, preciso de sua ajuda, vou sair de Praga para Budapeste e depois Viena, coloquei uma pernorite Bratislava antes de chegar em Budapeste, ou seria melhor eu fazer Praga – Budapeste, direto, e então saindo de Budapeste para Viena, colocar a pernoite? Agradeço a atenção.

    1. Oi Simone, que decisão difícil! De Praga para Bratislava, de carro, vc gasta 3:30h de viagem. Se sair às 10h de Praga, chega em Bratislava às 13h30. Se o horário de check-in da hospedagem é em torno de 14h está ótimo. Vc gastou a manhã viajando. Depois do check-in você pode usar a tarde para conhecer as ruínas do Castelo de Devín que é ponto turístico mais visitado da Eslováquia e depois circular pelo centro histórico da cidade no final da tarde ou noite. Faz o pernoite em Bratislava, no dia seguinte vê o que faltou e segue para Budapeste. De Bratislava para Budapeste são 2h de viagem. De trem você vai gastar 30 minutos ou uma hora a mais no trajeto. De Budapeste para Viena dá 2h30 de viagem.

      Trocando o pernoite. De Praga para Budapeste dá 5:15 de carro ou 6:30 de trem, é um dia inteiro viajando. Se for de trem não cansa, fiz uma viagem de Hamburgo (Alemanha) para Malmö (Suécia) de trem que deu mais ou menos esse tempo. De Budapeste para Bratislava dá 2h de automóvel ou 2h30 de trem e de Bratislava para Viena é super perto dá uma hora de viagem, de carro ou de trem.

      Analisando os dois cenários, me parece que não faz muito diferença colocar o pernoite no trecho Praga-Bratislava-Budapeste ou no trecho Budapeste-Bratislava-Viena. Se a viagem fosse minha e se eu fosse de trem, eu faria Praga direto para Budapeste e colocaria o pernoite em Bratislava no trecho Budapeste-Bratislava-Viena. Se fosse de carro, não sei! 🙁 (pernoite em Bratislava é mais barato do que em Viena)

      Edit: Oi, li agora sua outra pergunta e vi que vc vai de carro e no final do ano. Neste caso, acho que você deve se programar para pegar estradas de dia e considere que 5 horas da tarde já está escuro. Nunca viajei de carro no inverno na Europa, não sei quais as condições das estradas com neve. Aí, pensando no inverno, frio, neve, etc, eu colocaria trechos curtos de viagem, então Bratislava fica no primeiro trecho. No inverno, o Castelo de Devín fecha no caso de neve e gelo. Não sei se ajudei muito. 😨

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: