3º dia em Viena – Igreja da Ordem Teutônica, Palácio Hofburg, Biblioteca Nacional, Votivkirche e Karlskirche

Biblioteca Nacional da Áustria. Conheci e Curti

Os dois principais passeios que fizemos no terceiro dia em Viena foi a visita ao Palácio Imperial de Hofburg e à Biblioteca Nacional.

Roteiro do terceiro dia em Viena

Viena, ao fundo a Catedral.
Viena, ao fundo a Catedral.

Para o terceiro dia programamos conhecer o Palácio Imperial de Hofburg, a Biblioteca Nacional, as Igrejas Votivkirche e Karlskirche e também experimentarmos o famoso sorvete do Café Demel.

Saímos cedo de nosso lindo apartamento, pegamos o metrô em direção ao Palácio Hofburg e descemos na estação da Stephanplatz. Só que ao invés de seguirmos para a esquerda do mapa para chegarmos ao Palácio Hofburg, pegamos para o lado contrário porque a Maria Vitória queria conhecer uma Igreja especial. Foi uma agradável surpresa!

A Igreja da Ordem dos Cavaleiros Teutônicos (Katholische Kirche Deutschordenskirche)

A Igreja que não constava de nosso planejamento e que fica muito próxima da Catedral de São Estevão é a Igreja de Santa Isabel da Hungria, Igreja da Ordem Teutônica.

A Ordem Teutônica (Deutscher Orden) foi uma ordem militar cruzada vinculada à Igreja Católica por votos religiosos pelo Papa Clemente III. Foi formada em São João de Acre, em Israel, no ano de 1190, para auxiliar os germânicos feridos nas Cruzadas. A Ordem Teutônica, ao lado da Ordem dos Templários e da Ordem dos Hospitalários, foi uma das mais poderosas e influentes da Europa.

Igreja da Ordem dos Cavaleiros Teutônicos, Viena.
Igreja da Ordem dos Cavaleiros Teutônicos. Foto: Maria Eugênia

Como começou: Nas expedições da Terceira Cruzada, cavaleiros de diversas ordens estavam sendo mortos por doenças. Os corpos dos mortos eram jogados no fosso que separava as muralhas. Além do odor insuportável, os corpos jogados causavam mais doenças e proliferação de insetos. As unidades médicas dos Hospitalários tinham preferência em auxiliar os franceses e ingleses, deixando os germânicos de lado. Assim, alguns camponeses das cidades de Bremen e Lübeck fundaram uma ordem médica para auxiliar seus compatriotas germânicos. A iniciativa foi bem recebida pelos nobres germânicos, pelo Patriarca de Jerusalém e também pelos Hospitalários e Templários. Com a boa aceitação não demorou para que o Papa Celestino III aprovasse a instituição da Ordem do Hospital de Santa Maria dos Germânicos em Jerusalém (Ordem Germânica).

Igreja da Ordem dos Cavaleiros Teutônicos, Viena
Igreja da Ordem dos Cavaleiros Teutônicos, Viena. Foto: Maria Eugênia.

Os seus membros usavam sobrevestes brancas com uma cruz negra o lema era: Ajudar, defender, curar.

Devido à pronúncia do termo alemão “deutsch” (germânico) estar muito próxima do termo inglês “dutch” (holandês), os cavaleiros das outras ordens, atribuíram o termo “Teutônico” às tropas germânicas quando estes chegaram aos postos de batalha. (Wikipédia).

Em 1929 a ordem ressurge como ordem clerical composta por sacerdotes, padres e freiras, com missão assistencial. Sua sede é em Viena, neste edifício onde também está a Igreja.

Na imagem acima observe o portal de entrada com a cruz negra e a inscrição Deutsch Ordens Haus logo acima da cruz. A Igreja fica à direita assim que se passa o portal. Ela é uma pequena igreja gótica, num formato oval e em suas paredes estão mais de oitenta escudos heráldicos. No local também há um museu que não pudemos visitar.

Igreja da Ordem dos Cavaleiros Teutônicos, Viena
Brasões na Igreja da Ordem dos Cavaleiros Teutônicos. Foto: Maria Eugênia

Na mesma entrada, seguindo em frente, encontramos um pátio interno muito bonito e a entrada para a casa onde Mozart morou por um curto espaço de tempo – de 16 de março à 2 de maio de 1781. A casa estava em restauro e não foi possível visitá-la. Só vimos pela janela.

Viena - Áustria.
Pátio interno. Ordem Teutônica. Observe a cruz negra.
Viena, Áustria.
Pátio Interno da Ordem Teutônica.
Casa de Mozart, Viena.
Casa de Mozart em processo de restauração, Viena. Foto: Maria Eugênia

Se você for visitar Viena,  procure conhecer a Igreja da Ordem dos Teutônicos. São poucos os turistas que chegam até ela.

Localização: Singerstraße 7, 1010 Wien, Áustria

Palácio Imperial de Hofburg

O Palácio Hofburg abriga vários museus, biblioteca e os gabinetes oficiais da presidência da Áustria. É um dos maiores complexos palacianos do mundo. O Hofburg foi residência oficial da família Habsburgo e centro do poder até 1918.

Palácio Imperial de Hofburg, Viena.

A visita ao Palácio Hofburg é um três em um, uma vez que compreende: o Museu Sisi, a visita aos Apartamentos Imperiais e a Coleção de Prataria e Porcelanas. Clique aqui para ver o post do Palácio Hofburg.

Palácio Hofburg, Viena - Áustria
Palácio Hofburg, Viena – Áustria
Porcelanas da Silver Collection - Palácio de Hofburg, Viena.
Porcelanas da Silver Collection – Palácio Hofburg, Viena.

Biblioteca Nacional Austríaca

A Biblioteca Nacional da Áustria é considerada uma das bibliotecas mais bonitas do mundo. Composta pelo State Hall e vários Museus, com mais de 7,4 milhões de registros, é uma das mais ricas biblioteca da Áustria.

Biblioteca Nacional Austríaca, em Viena.
Entrando na Biblioteca Nacional Austríaca.

O State Hall, em estilo barroco, foi construído no século XVIII como parte da antiga Biblioteca da Corte, tem quase 80 metros de comprimento e 20 metros de altura e abriga mais de 200.000 tomos.

Biblioteca Nacional Austríaca, em Viena.
O State Hall da Biblioteca Nacional da Áustria.
Biblioteca Nacional Austríaca, em Viena.
Teto da Biblioteca Nacional. Foto: Maria Eugênia

Na cúpula estão pintados magníficos afrescos. Além disso, esculturas e quatro magníficos globos venezianos, cada um com um diâmetro de mais de um metro, compõem a decoração desse salão da Biblioteca Nacional.

A biblioteca também oferece várias modalidades de visita guiada. Achei interessante  a visita guiadas para crianças, desde muito cedo as crianças são estimuladas a apreciarem o conhecimento. Quando estávamos visitando o State Hall, um grupo de crianças fazia a visita guiada.

Biblioteca Nacional Austríaca, em Viena.
A biblioteca oferece várias modalidades de visita guiada.

Datas e horário de visitação: O State Hall e os museus abrem todos os dias do ano das 10h às 18h com algumas exceções. De outubro a maio fecham às segundas-feiras e fecham nos dias 24 e 31 de dezembro. Confira os horários no site da Biblioteca Nacional.

Localização: O State Hall e a Sala de Leitura Augustinian estão localizados na Josefsplatz. Os Museus estão em outros edifícios próximos, veja a localização no Site Oficial.

Sorvete da Confeitaria Demel

Viena é famosa pela cultura dos cafés e confeitarias. Se você estiver turistando na cidade, aproveite e experimente ao menos um deles. Um famoso é a Confeitaria  Demel, cujo sorvete de violeta foi feito especialmente para a imperatriz Sisi.

Sorveteria Demel, Áustria Viena.
O sorvete da Sisi

A confeitaria foi fundada em 1786 no antigo Hofburgtheatre real e imperial, logo tornou-se um sucesso entre os aristocratas e a burguesia de Viena. Provavelmente influenciados pelo jovem imperador Franz Joseph I, que escrevia cartas elogiando a grande variedade de guloseimas, ou pela imperatriz Elizabeth (Sisi) que adorava o famoso sorvete de violeta, feito especialmente para ela, Demel se tornou um local de peregrinação para ‘os chiques’ que gostavam de doces. Mesmo após a queda da monarquia, a Demel manteve seu status.

Se você não pertence aos “chiques” atuais e a Demel não couber no seu orçamento, ou ainda se você está sem tempo para sentar e saborear um café com bolo, experimente o sorvete de violeta. Não precisa nem entrar na confeitaria, eles vendem ali na porta mesmo de tanto sucesso que faz, principalmente entre os turistas. 😉

Localização e horário de funcionamento
Endereço: Kohlmarkt 14, próximo da Michaelerplatz e do Palácio Hofburg.

Horário de funcionamento: Todos os dias das 8h às 19h, inclusive domingos e feriados. A única exceção é no dia 24 de dezembro quando funciona das 8h às 14h.

Votivkirche

A Votivkirche é uma belíssima Igreja situada na Rooseveltplatz em frente ao Parque Sigmund-Freud. Em estilo neogótico sua construção começou em 1856 e foi concluída em 1879. Seu estilo arquitetônico é bastante semelhante ao da Stephansdom.

A origem da Votivkirche é bastante curiosa. Em 1853, o jovem imperador Franz Joseph, com então 23 anos, sofreu uma tentativa de assassinato pelo nacionalista húngaro János Libényi de apenas 21 anos. Libényi atacou o imperador por atrás, esfaqueando-o na altura do pescoço. O golpe foi desviado pelo pesado revestimento dourado bordado no colarinho do imperador, salvando-lhe a vida. O imperador ficou ferido mas não morreu nesse ataque.

Após essa tentativa de assassinato, o arquiduque Ferdinand Maximilian, irmão do imperador, iniciou uma campanha para angariar fundos para a construção de uma igreja com o objetivo de agradecer a Deus por salvar a vida do imperador. E foi assim que surgiu a Votivkirche.

 Votivkirche, Áustria, Viena.
A Votivkirche em Viena. Foto: Maria Eugênia

Com o passar do tempo e a falta de manutenção, a edificação da Igreja foi sendo danificada. Na 1ª guerra mundial os sinos e tubos do órgão foram derretidos. Com o término da monarquia a Igreja perdeu sua importância, e com isso, não havia dinheiro para sua manutenção. Na 2ª Guerra Mundial a Votivkirche teve o telhado e os vitrais seriamente danificados, recebendo uma manutenção básica somente para poder ser utilizada pelos fiéis. Atualmente está em restauro, mas mesmo não podendo visualizá-la por completo eu recomendo a visita porque é muito bonita.

Fachada da Votivkirche em Viena, Áustria
Observe a riqueza de detalhes da fachada da Votivkirche. Foto: Maria Eugênia

Quando chegar à Igreja observe a riqueza de detalhes da fachada. Veja os detalhes das torres, o teto trabalhado e as numerosas figuras de arenito, às vezes em tamanho natural.

A Votivkirche em Viena.
A Votivkirche em Viena. Foto: Maria Eugênia

O seu interior impressiona pela grandiosidade e beleza dos vitrais.  Por causa das obras de restauração, uma parte do interior também estava interditado, mas  a parte que pudemos ver é belíssima. Chegamos já no final da tarde quase no horário de fechamento da Igreja e ficamos lá, sentados, sentido a imensa paz que emana em seu interior. Quando deu o horário de fechamento fomos embora com a sensação que valeu a pena.

A Votivkirche em Viena.
A Votivkirche em Viena. Foto: Maria Eugênia

Localização de horário de funcionamento 
Endereço: Rooseveltplatz em frente ao Parque Sigmund-Freud.

Horário de funcionamento
De segunda a sábado das 10h às 18h e domingo das 9h às 13h .

Igreja Karlskirche

A Igreja de São Carlos Borromeu (Karlskirche) é uma belíssima construção, em estilo barroco, onde se destaca sua grande cúpula e as colunas laterais que foram inspiradas nas colunas romanas de Trajano. É considerada a mais notável igreja barroca de Viena.

Igreja de São Carlos Borromeu (Karlskirche), Viena, Áustria
Igreja de São Carlos Borromeu (Karlskirche)

Após a última grande epidemia de peste (1712), Carlos VI, Imperador do Sacro Império Romano, prometeu construir uma igreja para seu santo padroeiro São Carlos Borromeu, que era reverenciado como o santo curador para os que sofriam de peste. A construção iniciou no ano de 1716 e foi concluída em 1737.

Ela está localizada a poucas centenas de metros do local onde Mozart faleceu. Todos os sábados, entre março e dezembro, são realizadas apresentações do último trabalho de Mozart – o REQUIEM. Os concertos são realizados pelo coro e pelos solistas da Sociedade de Concertos de Salzburgo, bem como da Orquestra 1756 (em instrumentos de época). Além desses, vários outros concertos são realizados na Karlskirche.

Igreja de São Carlos Borromeu (Karlskirche)
Igreja de São Carlos Borromeu (Karlskirche). Foto: Maria Eugênia

A Igreja tem um elevador que leva os visitantes até a cúpula. A visita ao seu interior mais o acesso à cúpula é pago. Não sei explicar se há custos para a visita somente à nave da Igreja. Quando chegamos, estavam arrumando a Igreja para um concerto que aconteceria logo mais. Entramos, vimos a Igreja por dentro e não pagamos para entrar. Ficamos pouco tempo, nos pediram para sair porque iriam fechar a Igreja para a apresentação do concerto.

O interior da Igreja de São Carlos Borromeu (Karlskirche)
O interior da Igreja de São Carlos Borromeu (Karlskirche)

Ao visitar a Karlskirche, observe as colunas laterais. Os motivos impressos nas colunas são cenas da vida de São Carlos Borromeu.

Igreja de São Carlos Borromeu (Karlskirche)
Igreja de São Carlos Borromeu (Karlskirche). Foto: Maria Eugênia
Horário de funcionamento e como chegar

Horário
Segunda – Sábado: 9h – 18h
Domingos e feriados: 12h – 19h

Como chegar
Localização: Kreuzherrengasse 1, (4º distrito)
Transporte público:
Metrô linhas U1 (vermelho), U2 (lilás),  U4 (verde)  • estação Karlsplatz
Tram: 1,2, D, J, • estação Staatsoper

A Karlskirche foi o último passeio do dia. Voltamos para nosso apartamento para preparamos o jantar porque no dia seguinte tínhamos uma agenda bem puxada.

Rota a pé
Essa foi a rota que fizemos nesse terceiro dia em Viena. No total andamos 5 km entre todas as atrações turísticas que conhecemos. Distribuindo ao longo do dia dá para encarar a caminhada. 🙂

4º dia em Viena

No quarto dia na cidade de Viena fomos conhecer os jardins de Belvedere, o Monumento ao Exército Vermelho, Rathaus, Museu da História da Arte e a Igreja Peterskirche.

Belvedere, Viena - Áustria.
Portão de entrada para Belvedere. Foto: Maria Eugênia

E no final da viagem, Ópera de Viena

No final da nossa viagem, após passarmos pela Polônia, Eslováquia e Hungria, voltamos para Áustria.  Já era setembro e aí fomos conhecer a Ópera de Viena, que estava fechada em agosto e reabria para visitação pública em setembro.

Ópera de Viena, Áustria.
Ópera de Viena. Foto: Maria Eugênia

Áustria, Polônia, Eslováquia e Hungria
Eurotrip: nossa viagem pela Áustria, Polônia, Eslováquia e Hungria
Viajando de automóvel pelos países da Europa Central - todas as dicas
Polônia: visitamos Cracóvia, Auschwitz e a Mina de Sal
Eslováquia, porque você tem que conhecer


Tudo sobre Viena
Onde se hospedar em Viena
Roteiro de quatro dias em Viena
Nosso 1º dia em Viena – Palácio de Schönbrunn e Catedral de São Estevão
Nosso 2º dia em Viena – Museu de História Natural, Catacumbas, Peterskirche, Ankeruhr e Stadtpark
3º dia em Viena – Igreja da Ordem Teutônica, Palácio Hofburg, Biblioteca Nacional, Votivkirche e Karlskirche
O 4º dia em Viena - Belvedere, Rathaus e Museu da História da Arte
Visita ao Palácio de Schönbrunn em Viena
Nossa visita ao Museu de História Natural de Viena
O Palácio de Hofburg e a história de Sisi – a Imperatriz da Áustria

 


Booking.com

Resumo das dicas

  • Visite a Igreja da Ordem dos Cavaleiros Teutônicos, ela fica pertinho da Catedral.
  • Experimente o sorvete de violeta da Sisi.
  • Seguro Viagem é obrigatório para ir para a Europa, não esqueça disso.
  • Para fazer viagem econômica, se puder, fuja do mês de julho.
  • Alugar apartamento pode ser  mais econômico que ficar em hotel, veja nossas dicas aqui.

Para planejar sua viagem

Booking.com - Hotel, hostel ou apartamento? No booking é fácil reservar e fácil de cancelar. Aproveite os descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis. Observe as regras de cancelamento de cada hospedagem.

Airbnb - Se viajar mais como local do que como turista é o seu estilo, no Airbnb você encontra casas, apartamentos e até quartos na casa de alguém.

Flixbus - A Flixbus é uma empresa de ônibus que atua em grande parte da Europa. São 1.700 destinos em 28 países.

Aluguel de automóvel - Pensando em alugar um carro? Na Rentcars você paga em reais e sem IOF nas reservas internacionais feitas no Brasil.

Seguros Promo - Você escolhe a seguradora entre as mais famosas do mercado.

Reservas on-line de passeios, ingressos e outras atividades turísticas
No Brasil - TourOn
No exterior - GetYourGuide e Civitatis

Gostou do blog? 😊 O Conheci e Curti participa de programas de afiliados de empresas do setor de viagens e turismo. Isso significa que se você fizer alguma reserva através dos links aqui no blog você nos ajuda com uma pequena comissão. Você não paga nada mais por isso e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo para o Conheci e Curti!

Referências

Deutscher Orden
Enciclopædia Biográfica de Arquitetos Digital
Ordem Teutónica – Wikipédia
Palácio de Hofburg
Biblioteca Nacional da Áustria
Votivkirche
Karlskirche

Se o conteúdo foi útil e você gostou do post, clique no curtir abaixo. 😉

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: