Uruguai e Buenos Aires, eu fui

A viagem ao Uruguai e Buenos Aires aconteceu meio por acaso. Estávamos no início do ano sem nenhum planejamento, quando decidimos conhecer nossos vizinhos do sul.

Normalmente organizo nossas viagens pesquisando nos blogs de viagens com uma certa antecedência, mas essa foi decidida muito em cima da hora. Sabendo para onde queríamos ir e o tempo disponível para viajar partimos para a pesquisa de passagens aéreas baratas e com o mínimo de conexões possível. Quem não mora no  Rio ou São Paulo como eu, sabe que viajar para o exterior é mais complicado. Perdemos muito mais tempo nas conexões, por isso o planejamento aéreo pra nós pega mais. Encontrei na Gol uma passagem para Buenos Aires, sem conexões, uauu.. num preço interessante e foi ela que definiu o tamanho de nossa viagem.

Nosso plano de viagem
– Duração de 12 dias contando com os dias de saída e retorno.
– No Uruguai planejamos conhecer as cidades de Colonia del Sacramento, Montevidéu e Punta del Este
– Na Argentina, a cidade de Buenos Aires.
– Planejamos dois pernoites em Colonia del Sacramento pois chegaríamos à noite. Dois pernoites em Montevidéu, três em Punta del Este e quatro em Buenos Aires. Para as reservas das hospedagens utilizamos o booking.com, a decolar.com e o Airbnb. Pelo Airbnb, reservamos o apartamento em Punta. Foi a primeira vez que utilizei o Airbnb.
– Chegaríamos de avião em Buenos Aires e no mesmo dia pegaríamos o barco para Colonia del Sacramento, chegando à noite em Colonia. Os deslocamentos dentro das cidades e entre cidades seriam feitos com transporte público. Optamos por alugar um carro só em Punta del Este.

Passagens compradas, reservas efetuadas, locais para conhecer pesquisados, #PartiuViagem. A parte aérea era para ser assim…..

Rota do avião

mas o avião, que vinha de outra cidade, por causa do mau tempo, não decolou de lá, então a Gol nos colocou num outro voo para São Paulo e a viagem ficou assim…  🙂 Lembram do que eu comentei acima sobre a dificuldade para quem não mora no Rio ou SP? Pois é …

Rota do avião, como ficou

O voo de São Paulo para Buenos Aires atrasou e chegamos em BsAs mais tarde do que o planejado, mas ainda com tempo suficiente para pegarmos o Buquebus cujas passagens havíamos comprado pela internet. Estávamos felizes, nossa viagem começava ali, eu imaginando curtir a beleza do Rio da Prata, observar sua imensidão, só que…. São Pedro nos mandou uma tempestade bem na hora da travessia. Chegamos em Colonia del Sacramento à noite como era previsto, mas debaixo de um temporal espetacular, que não estava previsto! 🙂 Claro que, pela lei de Murphy, a minha sombrinha estava no fundo da mala e a mala perfeitamente embalada com aquela embalagem maravilhosa que é feita no aeroporto de Curitiba.

A tempestade chegando no Rio da Prata
A tempestade chegando no Rio da Prata – fevereiro 2015

O Hotel Ayres Colonia, onde nos hospedamos, fica muito próximo do terminal do Buquebus e do terminal rodoviário, escolhemos próximo para irmos a pé. O que não estava no programa era irmos a pé, puxando nossas malas debaixo de chuva torrencial. Mas foi assim que aconteceu, chegamos ao hotel encharcados e pouco depois… a chuva parou!

Travessia do Rio da Prata
São três empresas que fazem a travessia entre Argentina e Uruguai.
Buquebus site argentino: www.buquebus.com
Buquebus site uruguaio: www.buquebus.com.uy
Colonia Express coloniaexpress.com
Seacat www.seacat.com.ar

Assim como na compra de passagens aéreas, os preços variam de acordo com a disponibilidade de lugares. Nós optamos pelo Buquebus e fizemos a compra antecipada pela internet. Quando embarcamos, havia uma sobra muito grande de lugares dentro do barco, penso que daria para comprar na hora, mas vai que… somos turistas e não estamos em nosso país.

#DicaImportante – Quem faz a imigração só com carteira de identidade deve guardar o papel da imigração que é fornecido quando você entra no país. Esse papel, não é só um papel, é um documento e deverá ser apresentado na saída do país. Quem viaja com passaporte não precisa se preocupar, porque o visto de entrada e saída é carimbado no passaporte. Li alguns relatos de pessoas que tiveram problema porque jogaram fora, achando que era só um ticket de passagem….

Documento de imigração
Documento de imigração

As #dicas do que aprendemos:

  • O Buquebus é muito grande, sobra lugar.
  • Deixar um bom intervalo de tempo entre o voo e a travessia do Rio da Prata, o voo pode atrasar bastante…
  • Chegando no aeroporto Ezeiza faz-se a migração. A nossa foi tranquila.
  • Demora em torno de 40 minutos do aeroporto Ezeiza de Buenos Aires até o centro da cidade, de carro.
  • Do Ezeiza para o centro pode-se ir de ônibus, de táxi ou de remis (carro com chofer). Escolhemos o remis, por comodidade. O ônibus nos deixaria a aproximadamente 800 m do terminal do Buquebus, O táxi não dava pra saber qual seria o preço final e o remis paga-se antecipado no guichê, preço fechado e não tem confusão de troco, nota falsa, etc.
  • É fácil se atrapalhar com o câmbio, pois trabalhamos com 4 moedas simultaneamente, reais, dólares, pesos argentinos e pesos uruguaios. fazer confusão é muito fácil.
Interior do Buquebus - fevereiro 2015
Interior do Buquebus – fevereiro 2015

Hospedagem – Hotel, hostel ou apartamento? A escolha depende de cada momento e cada estilo de viagem. Coloquei aqui fotos dos hotéis onde ficamos.

Links e preços
O Buquebus tem dois sites, o argentino e o uruguaio.
No site argentino os preços aparecem em pesos argentinos e no site uruguaio os preços aparecem em pesos uruguaios, óbvio né!  🙂  Nós compramos pelo site uruguaio.
site argentino: www.buquebus.com
site uruguaio: www.buquebus.com.uy

Remis – Contratamos o VipCar que tem ponto de venda dentro do aeroporto. Não há necessidade de efetuar reserva. No aeroporto há três ou quatro guichês de empresas, um ao lado do outro, todas com mais ou menos o mesmo preço. Pagamos de transfer+pedágio 430 pesos argentinos, por carro, preço fechado.

Resumo de meios de transporte planejado

transporte

Brasil – Argentina => aéreo pela Gol
Buenos Aires – Colonia del Sacramento => barco Buquebus
Colonia – Montevidéu => ônibus pela COT (porque era possível reservar as passagens pela internet, via Skipe).
Montevidéu – Punta del Este => ônibus pela Copsa (compramos as passagens no terminal rodoviário)
Punta del Este => aluguel de carro da Punta Car
Punta del Este Buenos Aires => Buquebus (ônibus+barco)
Buenos Aires – Brasil => Gol
Período da viagem de 18/Fev a 01/Mar/2015.

Por onde andamos, posts dessa viagem
O planejamento
Uruguai e Buenos Aires, eu fui
Os hotéis onde ficamos
Colonia del Sacramento
Colonia del Sacramento, a joia do Uruguai
Conhecendo Colonia del Sacramento
Fotos de Colonia del Sacramento
Montevidéu
Palácio Legislativo
Conhecendo Montevidéu em um dia e meio
Punta del Este
Punta del Este – Uruguai
– Casapueblo
Buenos Aires, Argentina
Três dias em Buenos Aires
Tango em Buenos Aires  – Café de los Angelitos
Teatro Colón – visita guiada
Casa Rosada
La Boca – Caminito
Cemitério da Recoleta, um museu a céu aberto
O dia da partida e a abertura do Congresso

***

Veja também

Deixe uma resposta