La Boca – Caminito

La Boca é um bairro popular de Buenos Aires, famoso pelas casinhas coloridas do Caminito e por abrigar o estádio do Boca Juniors.

Ponto turístico entre os mais famosos de Buenos Aires, o Caminito fica no bairro La Boca, na beira do rio Riachuelo, onde o rio faz uma curva, um pouco antes dele desembocar no rio da Prata. O Caminito é uma pequena rua com pitorescas casas coloridas, mas turisticamente falando, compreende a própria rua Caminito e algumas ruas no entorno dela. Bem próximo, umas quatro quadras de distância, está o estádio do Boca Juniors. Dá para ir a pé, nós fomos. É uma região feia 🙁 O Caminito faz parte do roteiro do City Tour.

Como chegar e o que fazer
Para quem está fazendo o City Tour, o ônibus para bem em frente. É só descer do ônibus e caminhar alguns metros. Quando quiser retornar, volta ao ponto de parada e pega o próximo ônibus do City Tour que passar por ali. Fique atento aos horários do ônibus para não perder o retorno, porque ficar no Caminito sem o retorno e à noite, ninguém merece! Para ir por conta própria, não há metrô para lá, a opção fica entre ônibus convencional ou táxi.

Buenos Aires, La Boca, Caminito
Buenos Aires, La Boca, Caminito

O Caminito é tipicamente turístico. Tem o visual super interessante das casas, observe o colorido, o material empregado nas construções, os bonecos nas sacadas… Além de todo esse visual, tem barraquinhas e centros de artesanato que vendem de tudo, fazendo a alegria dos turistas e dos vendedores locais.

Buenos Aires. Caminito no La Boca
Buenos Aires. Caminito no La Boca. Foto:Maria Eugênia

Há vários restaurantes, um ao lado do outro, alguns possuem um tablado onde casais apresentam danças gaúchas ou dançam tango. Dá para almoçar ou simplesmente aperitivar na região. Você passa entre os restaurantes e sempre há um funcionário convidando o  turista para seu restaurante, normal numa região onde o turista é disputado como cliente.

Caminito, muita opção para turista.
Caminito, muita opção para o turista. Foto: Maria Eugênia.

Olhar por fora o estádio Bombonera do Boca Juniors é um passeio dispensável para mim, mas quem é fanático por futebol deve gostar. 🙂  O estádio do Boca é conhecido como La Bombonera, porque seu  formato retangular lembra uma caixa de bombons.

Estádio do Boca Junior.
Estádio do Boca Junior no La Boca.

Segurança na região
Os vários blogs de turismo que pesquisei alertam para a questão de segurança nessa região. Não dar bobeira. Ficar sempre atento aos seus pertences, mulheres usando as bolsas voltadas para a frente, homens cuidado com carteiras no bolso de trás, os mesmo cuidados que devemos ter nas grandes cidades do Brasil.

Recomenda-se também visitar a região durante o dia, à noite ela é mais perigosa. Outro recomendação é não ir ao Caminito em dia de jogo no estádio do Boca. Como ele fica a quatro quadras do estádio, ir em dia de jogo é pedir para arranjar encrenca.

Outro alerta que li, é que alguns “dançarinos espertos” convidam o turista para um tango, ali mesmo na rua, e nas voltas e reviravoltas da dança a carteira do infeliz turista vai embora… Nem todos os dançarinos que estão na rua são “os espertos” mas o turista não vai saber quem é o artista e quem é o esperto, então fique esperto você.

Caminito no La Boca
Caminito no La Boca. Foto Maria Eugênia.

Um pouco da história do bairro
Até o início do século XIX, a região onde hoje é o bairro La Boca permaneceu praticamente desabitada. As primeiras famílias começaram a instalar-se no bairro entre os anos de 1830 e 1852. Por ser uma zona portuária, no final do século XIX ali se estabeleceram muitos imigrantes italianos, principalmente genoveses, que deram ao bairro a sua aparência atual. Os imigrantes se agrupavam em cortiços e pintavam suas casas com as sobras de tinta que traziam os marinheiros. Como a tinta não era suficiente para pintar a casa toda, se utilizavam de cores diferentes para pintá-las.

Caminito, Buenos Aires.
Caminito, Buenos Aires. Foto: Maria Eugênia.

Os cortiços (conventillos) se caracterizavam por serem construções com chapas de metal canelado, montados muitas vezes sobre pilotis altos devidos às frequentes inundações. Em seu interior havia uma grande quantidade de pequenas habitações e em cada uma delas residia uma família. A cozinha e o banheiro eram compartilhados por todas as famílias que ali moravam.

Caminito, construções com chapas de metal canelado.
Caminito, construções com chapas de metal canelado.

Sempre havia um pátio e varandas irregulares que formaram o ambiente onde se mesclavam e enriqueciam as diferentes culturas em um interrelacionamento que deu origem a uma pitoresca variedade de personagens como o bombeiro, a prostituta, o cafetão, o anão, o equilibrista e o bêbado que são então resgatados pela arte popular.

Caminito, La Boca, Buenos Aires

Foi nesse bairro que sugiram os dois principais clubes de futebol
o River Plate e o Boca Juniors.

Em 1901 surge no bairro La Boca o Clube Atlético River Plate após a fusão de dois clubes existentes: “Santa Rosa” e “La Rosales”. A maioria de seus fundadores era descendente de italianos e segundo conta a história o nome “River Plate” surgiu quando os membros do clube viram o nome estampado em caixas gigantes, na época da construção do Porto Madero. O River Plate permaneceu no bairro La Boca até 1923, quando optou por mudar-se definitivamente para a zona norte da cidade, primeiro no bairro Palerno e finalmente em 1938 em Belgrano.

Imagem do site do River Plate. Clique para acessar o original.
Imagem do site do River Plate. Clique para acessar o original.

Em 1905 nascia o Clube Boca Juniors. Seus fundadores decidiram que o novo clube levaria o nome do bairro acompanhado do termo “juniors” prática comum para dar uma maior prestígio às instituições, embora, neste caso, o contraste era notório pela fama de bairro “difícil” e marginal que havia ganho o La Boca naquele momento. Assim como no River, muitos dos seus torcedores eram italianos, em sua maioria genoveses que viviam na região. Em 1914 o clube esteve prestes a deixar o bairro quando a diretoria conseguiu um terreno na área de Wilde (Avellaneda), porém a contundente negativa de 1.300 dos seus 1.600 sócios fez com que os dirigentes voltassem atrás e com a construção do estádio La Bombonera em 1940, o Boca fixaria definitivamente sua residência na região.

Boca Juniors.
Boca Juniors.

O nome La Boca se deve por estar o bairro situado onde o rio Riachuelo desemboca no Rio da Prata. Fonte: wikipedia

La Boca, Buenos Aires
La Boca, Buenos Aires

Gostou do Caminito? Em Buenos Aires, é um dos passeios quase que obrigatórios. 🙂

Por onde andamos, posts dessa viagem
O planejamento
Uruguai e Buenos Aires, eu fui
Os hotéis onde ficamos
Colonia del Sacramento
Colonia del Sacramento, a joia do Uruguai
Conhecendo Colonia del Sacramento
Fotos de Colonia del Sacramento
Montevidéu
Palácio Legislativo
Conhecendo Montevidéu em um dia e meio
Punta del Este
Punta del Este – Uruguai
– Casapueblo
Buenos Aires, Argentina
Três dias em Buenos Aires
Tango em Buenos Aires  – Café de los Angelitos
Teatro Colón – visita guiada
Casa Rosada
La Boca – Caminito
Cemitério da Recoleta, um museu a céu aberto
O dia da partida e a abertura do Congresso


Booking.com

Veja também

Um comentário sobre “La Boca – Caminito

Deixe uma resposta