Castelo Aggstein na Áustria

Castelo de Aggstein - Áustria

 

Sabe aquela imagem de castelo medieval erguido no topo de uma colina? O Castelo Aggstein é a concretização desse imaginário.

Mas onde fica esta beleza? As ruínas do Castelo Aggstein estão localizadas no topo de uma rocha, de aproximadamente 300 metros acima da margem direita do rio Danúbio, no vale Wachau, na região conhecida como Baixa Áustria. Das ruínas do castelo tem-se uma visão magnífica do vale e do rio Danúbio.

Vale Wachau, Austria - visto do Castelo Aggstein
Vale Wachau, Áustria – visto do Castelo Aggstein. Foto: Maria Eugênia

Pequena História do Castelo

Supõe-se que o Castelo Aggstein tenha sido construído no início do século XII por Manegold III de Acchispach (Aggsbach).

Em 1181, pertencia à família Kuenringer, uma poderosa família da região que possuía propriedades e castelos em Wachau nos séculos XII e XIII. Permaneceu como propriedade desta família até o ano de 1355, quando o último Kuenringer, Leutold II, ocupou o castelo. Depois disso, ele caiu em ruínas.

O Castelo Aggstein
O Castelo Aggstein. Foto: Maria Vitória

Em 1429, o duque Albert V doou o castelo a seu camareiro Jörg Scheck von Wald. Scheck von Wald foi encarregado de reconstruir o castelo em ruínas para garantir a passagem de navios no rio Danúbio e recebeu o direito de cobrar pedágio dos navios que passavam por ali.

Parte dos espaços que ainda se conservam nas ruínas, como os vestígios da Torre das Mulheres (Frauenturm) e a capela do castelo gótico, datam desta reconstrução. Estamos falando de uma época, quase 100 anos antes de Cabral chegar em terras brasileiras!

Castelo Aggstein - Áustria
Castelo Aggstein, Áustria. Foto: Maria Eugênia.

Com o tempo, o camareiro (agora dono do castelo), se tornou um barão ladrão, pilhando os navios que passavam no Danúbio. Daí seu apelido, “Schreckenwald” (jogo de palavras com o sobrenome, Scheck von Wald, que significa “Floresta do Terror”), que dizem ter sido dado a ele por causa de sua crueldade.

O Rosengärtlein  – Jardim de Rosas

O Rosengärtlein era uma minúscula plataforma externa onde Jörg Scheck von Wald confinava seus prisioneiros, donde os prisioneiros tinham somente duas possibilidades: ou morrer de fome ou pular para a morte. Von Wald apelidou este pequeno espaço de Jardim de Rosas (olha o sadismo do cara!!)

Castelo Aggstein
Plataforma no castelo Aggstein. Foto: Maria Eugênia.

Conta a lenda, que uma de suas vítimas teria sobrevivido ao salto e alertado o duque Albert sobre os crimes cometidos por von Wald e teria guiado as tropas do duque para o castelo por uma rota secreta.

E a saga do castelo continua

Em 1529, o castelo de Aggstein foi incendiado por um grupo de otomanos durante o primeiro cerco turco à Viena. Foi reconstruído novamente, agora como um forte, equipado com canhões para a artilharia.

Em 1606, o castelo passou a ser propriedade de Anna von Polheim-Parz, a primeira proprietária feminina, ela fez uma renovação no estilo renascentista. Anna não tinha filhos e quando faleceu o castelo novamente caiu em decadência.

Troca novamente de mãos em 1819, se tornando propriedade do conde Franz von Beroldingen, quando começam as medidas de proteção das ruínas de Aggstein. Em 1930, foi adquirido pelo conde Oswald von Seilern und Aspang.

Em 2003, é feito um extenso trabalho de revitalização, inclusive elétrica e hidráulica e também foram instaladas passarelas que permitem o acesso à várias partes das ruínas do castelo. Entre construções, destruições e reconstruções, as ruínas do Castelo de Aggstein se apresentam com uma beleza espetacular, que nos leva a uma viagem ao passado, ao visitar cada cantinho  de suas dependências.

As ruínas do Castelo Aggstein
As ruínas do Castelo Aggstein. Foto: Maria Vitória

Explorando as ruínas de Aggstein

Chegamos nas ruínas do Castelo próximo das 16 horas. Há um estacionamento no local, deixamos o carro no estacionamento e seguimos para o portão de entrada do castelo.

Castelo Aggstein - Áustria
Portal de entrada do Castelo Aggstein

O programa aqui é explorar as ruínas e se deslumbrar com cada canto e estrutura do castelo e se horrorizar com as histórias cruéis que aconteceram aqui no seu passado, mas como não há castelo medieval sem tragédias, vamos conhecer e curtir as belezas da construção medieval que nos trás histórias e reflexões sobre a humanidade.

Castelo Aggstein - Áustria
Nós aqui, explorando o Castelo de Aggstein. Foto: Maria Eugênia

Há uma taberna no interior do castelo que oferece pratos desde a culinária regional, passando pela alta gastronomia e pratos medievais. Há também a possibilidade de desfrutar de snacks e bebidas nesta parte do pátio interno.

Castelo Aggstein - Áustria
Pátio interno do Castelo Aggstein. Foto: Maria Eugênia.

No final do passeio a lojinha de souvenir

Ao lado de fora das muralhas do castelo há a lojinha de souvenir para completar o dia.

Castelo Aggstein
A lojinha do Castelo Aggstein.

Como chegar

De automóvel
O Google Maps mostra dois caminhos a partir de Viena: pela A22/S5 que chega ao castelo de Aggstein sem passar por Melk, ou pela A1 até Melk e a partir de Melk pega aquela estradinha linda acompanhando o Danúbio, que foi o trajeto que fizemos. A distância entre a Abadia de Melk e o Castelo Aggstein é de apenas 15 km.

Áustria
O Rio Danúbio entre a Abadia de Melk e o Castelo Aggstein. Foto: Maria Eugênia

De transporte público
Dá para ir de ônibus, mas não vou saber explicar como, já que não pesquisamos como ir. O site oficial do castelo tem informações sobre os modais de transporte, acesse o link no final deste post.

 

Quanto custa e horário de visitação

O ingresso para adultos custa 7,50 € para a temporada de 2021 e há descontos para crianças/adolescentes e grupos familiares. Confira os valores atualizados no site oficial do castelo, coloquei o link no final do post.

O horário de visitação é das 9 h às 18 horas de março a novembro. Dependendo da época do ano que você estiver turistando por aqui, pode até participar de alguns eventos especiais no castelo, que tal?

Ruínas do Castelo Aggstein
As ruínas do Castelo Aggstein. Foto: Maria Eugênia

Se hospedando na região

Quem estiver seguindo um roteiro de Viena para Salzburgo ou Munique, por exemplo, pode se hospedar em Melk, ou nas proximidades do castelo, e seguir viagem no dia seguinte. Há uma infinidade de ofertas de hospedagem nas proximidades do Danúbio, nesta região.

 



Booking.com

 



Booking.com

 

Se você não estiver com carro alugado, vá de trem, ônibus, navio pelo Danúbio, contrate um tour bate-volta para conhecer as regiões próximas de Viena, só não deixe de conhecer! A Áustria é toda um cartão postal. ❤️

Se quiser alugar um carro, no post “Viajando de Automóvel pelos países da Europa Central” dou dicas super úteis para quem quer viajar de automóvel, clique e veja lá.

Castelo Aggstein e o Danúbio
O rio Danúbio visto do castelo. Foto: Maria Eugênia.

Os posts desta viagem

Áustria, Polônia, Eslováquia e Hungria
Eurotrip: nossa viagem pela Áustria, Polônia, Eslováquia e Hungria
Viajando de automóvel pelos países da Europa Central - todas as dicas

Polônia: visitamos Cracóvia, Auschwitz e a Mina de Sal
Eslováquia, porque você tem que conhecer
Budapeste, veja e se inspire num roteiro de 3 dias
Áustria: 8 Castelos, Palácios e Abadias próximos de Viena para conhecer num bate-volta


Tudo sobre Viena
Onde se hospedar em Viena
Roteiro de quatro dias em Viena
Nosso 1º dia em Viena – Palácio de Schönbrunn e Catedral de São Estevão
2º dia: Museu de História Natural, Catacumbas, Peterskirche, Ankeruhr e Stadtpark
3º dia: Igreja da Ordem Teutônica, Palácio Hofburg, Biblioteca Nacional, Votivkirche e Karlskirche
O 4º dia em Viena - Belvedere, Rathaus e Museu da História da Arte
Visita ao Palácio de Schönbrunn em Viena
Nossa visita ao Museu de História Natural de Viena
O Palácio de Hofburg e a história de Sissi, a Imperatriz da Áustria

 

Dicas

  • Há locais espetaculares para serem explorados nas imediações de Viena, explore, conheça, curta!
  • Seguro Viagem é obrigatório para ir para a Europa, não esqueça disso.
  • Para fazer viagem econômica, se puder, fuja do mês de julho.
  • Alugar apartamento pode ser  mais econômico que ficar em hotel, veja nossas dicas aqui.
As ruínas do Castelo Aggstein
Um detalhe das ruínas do Castelo Aggstein

Para planejar sua viagem

Booking.com - Hotel, hostel ou apartamento? No booking é fácil reservar e fácil de cancelar. Aproveite os descontos exclusivos e as reservas com cancelamento grátis. Observe as regras de cancelamento de cada hospedagem.

Airbnb - Se viajar mais como local do que como turista é o seu estilo, no Airbnb você encontra casas, apartamentos e até quartos na casa de alguém.

Flixbus - A Flixbus é uma empresa de ônibus que atua em grande parte da Europa. São 1.700 destinos em 28 países.

Aluguel de automóvel - Pensando em alugar um carro? Pesquise a Rentcars, você paga em reais e sem IOF nas reservas internacionais feitas no Brasil.

Seguros Promo - Você escolhe a seguradora entre as mais famosas do mercado.

Reservas on-line de passeios, ingressos e outras atividades turísticas
No Brasil - TourOn
No exterior - GetYourGuide e Civitatis

Gostou do blog? 😊 Participamos de programas de afiliados de empresas do setor de viagens e turismo. Se você fizer uma reserva através dos nossos links, este blog recebe uma pequena comissão. Você não paga nada mais por isso e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo. 

Referências

Nossa experiência pessoal
Castelo Aggstein

Se o post foi inspirador para o roteiro de sua próxima viagem, clique no curtir abaixo e deixe seu joinha pra gente. 😉

Oi, gostou deste post? Deixe sua opinião nos comentários.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: