Viña Undurraga, um passeio divertido

O divertido passeio à Vinícola Undurraga.

Turistar no Chile e não visitar uma vinícola é quase um pecado… todo mundo que vai para o Chile vai conhecer ao menos uma! Como voltar de uma viagem ao Chile e contar para alguém que não foi visitar uma vinícola… não dá né! Mas qual vinícola visitar? Todos os brasileiros vão mais ou menos no padrão daquilo que outro brasileiro já foi e postou na internet. Claro, é mais fácil, está explicado, muita gente já comentou no Tripadvisor, outros tantos seguiram os mesmos blogs de viagem e optaram pelo mesmo lugar. A queridinha dos brasileiros é a Concha y Toro e algumas do Vale de Casablanca, mas nós queríamos algo não tão famoso, queríamos algo mais intimista.

Vinícola Undurraga - uma parte do parreiral
Vinícola Undurraga – uma parte do parreiral

Maria Eugênia, em suas pesquisas, encontrou no blog Nós no Mundo a descrição da Viña Undurraga, no Vale do Maipo, que fica muito próximo da cidade de Santiago. Pesquisamos várias e decidimos pela Undurraga, indo assim mesmo, de metrô e ônibus convencional… uauuuu, fortes emoções 🙂

Eu nunca havia visitado uma vinícola, então não vou dizer que é a melhor nem dizer que é “melhor que” mas que valeu, valeu! Foi uma experiência muito legal e uma visita muito divertida.

A vinícola Undurraga - Vale do Maipo, Chile
A vinícola Undurraga – Vale do Maipo, Chile

Pode-se ir de várias maneiras: com agência de turismo, de automóvel próprio ou de transporte público. No site da Viña Undurraga, eles dão a dica de como chegar. As visitas guiadas acontecem todos os dias da semana em quatro horários diferentes, há necessidade de reserva por e-mail. Nós enviamos e-mail com um dia de antecedência reservando para o horário das 15h30, que era o último horário, foi uma pena, pois como fomos por conta própria não tínhamos o stress do horário de volta, só que a vinícola fecha depois do último horário de visita.

Talagante
O bilhete da passagem

Na ida, nossa experiência com o transporte publico foi mais ou menos tranquila. Seguindo as orientações, pegamos o metrô linha 1 (vermelha) até a Estação Central, na Estação Central procuramos o terminal de San Borja para pegarmos o ônibus com destino a Talagante. Como sabíamos que a viagem de ônibus demorava em torno de 50 minutos, nos programamos para um gasto de tempo de 1h30 de deslocamento, só não contávamos com o tamanho da Estação Central! Tivemos que fazer correria para não perdermos o horário. Pergunta aqui e ali, quase correndo dentro do terminal, sempre falando em português e sempre contando com a colaboração dos chilenos, chegamos até as plataformas 79-81. Ufa! Embarcamos no ônibus e fomos confortavelmente sentados até a vinícola. Ainda seguindo as orientações do site da Undurraga e do Nós no Mundo, pedimos ao motorista que nos deixasse na Viña Undurraga e tudo bem, chegamos no horário.
#Dica: Para ir de transporte público, planeje-se para duas horas de deslocamento, entre sair do hotel, pegar metrô, andar um montão na Estação Central e pegar o ônibus até a Viña Undurraga em Talagante.

Vinícola Undurraga - Vale do Maipo, Chile
Vinícola Undurraga – Chile

Chegando na vinícola, compramos os ingressos que já estavam previamente reservados. Em janeiro de 2014 pagamos 8.000 pesos chilenos por pessoa. Aguardarmos a formação do grupo e lá fomos nós com nosso guia para o tour pela vinícola. Nosso guia era sensacional, além de transmitir muito conteúdo era bem divertido, demos muita risada com ele. Havia muitos brasileiros no grupo, o que permitia ao guia falar um pouco de “portunhol”.

Começamos o passeio pela região dos jardins da vinícola. Os grupos são pequenos, o passeio acontece sem pressa, dá pra olhar, para curtir e para fotografar. Depois passamos pela região do parreiral e em cada sítio, cada lugarzinho visitado, o guia nos explicava detalhadamente.

O guia nos dando explicações numa região do parreiral
O guia nos dando explicações numa região do parreiral

Vimos os diferentes tipos de uva, que estão cuidadosamente plantadas próximo à casa principal da vinícola, para que o turista possa conhecer. Achei sensacional todo esse cuidado e atenção ao turista.

Uva Carménère - Vinícola Undurraga, Chile
Uva Carménère – Vinícola Undurraga, Chile

Depois voltamos para a parte principal onde há um pequeno museu. Nosso guia nos explicou o processo de fabricação de cada tipo de vinho, aí no meio das explicações ele dizia “aqui não colocamos vocês para assistir vídeos como na outra vinícola” e o pessoal que havia feito visitado “a outra” confirmava e se matava de rir. Eu como não conheci “a outra”….

Nosso guia na Undurraga explicando o processo de fabricação do vinho
Nosso guia na Undurraga explicando o processo de fabricação do vinho

Passamos pela adega onde os vinhos são armazenados em tonéis de carvalho.

Viña Undurraga
Viña Undurraga

Em seguida nos reunimos na área onde estão expostos equipamentos antigos e onde ocorre a degustação. Eles ofereceram quatro tipos de vinho para degustação, gostei de todos, mas adorei o vinho branco.

Degustação de vinhos na Vinã Undurraga
Degustação de vinhos na Vinã Undurraga

A taça que usamos para a degustação nos é dada de brinde como lembrança da visita à Viña Undurraga. A vontade é de não sair mais de lá…. lindo demais!

A taça da degustação é dada como brinde
A taça da degustação é dada como brinde

Logicamente, como em todo lugar turístico há a lojinha onde se pode comprar os vinhos e outras lembranças para trazer para casa. Trouxemos vinhos para nós e também como presente para a família. Depois ficamos curtindo o ambiente, aproveitando o belo jardim da vinícola, mas como já estava na hora de fechar, tivemos que ir embora. 🙁

Jardins da Viña Undurraga
Jardins da Viña Undurraga

Na volta com o transporte público, todo o conforto foi por água abaixo….. O ponto do ônibus é bem próximo, até aí tudo bem, o que não contávamos era com um ônibus, absolutamente lotado. Fizemos todo o trajeto em pé, carregando garrafas e taças de vinho, nos agarrando nos encostos dos acentos para não cairmos e o ônibus numa velocidade louca para sua fragilidade numa estrada cheia de movimento. Num certo momento da viagem, vimos que as pessoas sentavam na escada do ônibus e quando deu uma chance foi lá mesmo que fomos sentar. Depois disso mais um metrô lotado por ser horário de rush. Chegamos vivos e inteiros, foi um dia muito divertido, acho que apesar do ônibus da volta chegamos mais felizes do que se tivéssemos pego uma excursão bem comportada, mas cada um é cada um né!

Um pouquinho da Viña Undurraga
Fundada em 1885, é uma das adegas mais antigas do Chile, foi a primeira vinícola chilena a exportar para os Estados Unidos. Já recebeu visitas de gente famosa como os reis da Bélgica em 1965 e do astronauta Neil Armstrong em 1970. Seus vinhos receberam vários prêmios o que pode ser conferido no seu site. http://www.undurraga.cl
Localiza-se em Talagante, vale do Maipo, a aproximadamente 40 km de Santiago.

Como chegar
Veja a explicação do como chegar no site da vinícola, está bem explicado, eles tem uma página em português.  www.undurraga.cl/visitanos

#Dica: Nem todos os micro-ônibus com destino a Talagante passam pela vinícola. Quando estiver na estação central, pergunte ao motorista se ele passa em frente da Viña Undurraga. Os motoristas já estão acostumados com essa pergunta. Se ele passar, solicite que ele te deixe na porta da vinícola (todos fazem isso). O pagamento da passagem é feito para o próprio motorista. Pagamos 1.000 pesos chilenos a passagem do ônibus (preço de janeiro de 2014). Ida+volta = 2.000 pesos por pessoa.

Para quem for de transporte público, para pegar o ônibus de volta, logo que sair do portão da vinícola, olhando para sua direita, dá para ver o ponto do ônibus, que é aquele abrigo vermelho que aparece na imagem do Street View no outro lado da pista, lá na curva (gire um pouquinho a imagem para a direita que o ponto de ônibus aparece).

Visitas e horários
O tour ocorre todos os dias da semana. Tem duração aproximada de 1h15 e o guia fala inglês e/ou espanhol. O nosso falava espanhol (e portunhol).
Horários
Segunda a sexta: 10h15; 12h00; 14h00 e 15h30.
Sábados, domingos e feriados: 10h15; 12h00; 14h00 e 15h30.
Reservas: enviar e-mail para visit@undurraga.cl
Preço
8.000 pesos chilenos por pessoa (preço de janeiro de 2014).
Para ter uma noção do valor em reais acesse o site do Cambio Santiago que tem a cotação atualizada da moeda. www.cambiosantiago.cl
Para saber o preço atual deve-se escrever para a Viña Undurraga.

Quer saber minha opinião?
Adorei conhecer a Viña Undurraga. As pessoas que estavam em nosso grupo e que visitaram Concha Y Toro e Undurraga gostaram muito mais do passeio da Undurraga 🙂

Viña Undurraga, linda demais!
Viña Undurraga, linda demais!

Ao escrever esse post, o mais difícil foi selecionar as fotografias, porque toda a vinícola é bonita demais!

Undurraga-vinhos-degustacao

Posts dessa viagem
Conhecendo o Chile no verão
Cinco dias em Santiago, Chile
O Cerro Santa Lucía e o sorvete de rosas
Urbn Stgo – museu a céu aberto
Viña Undurraga, um passeio divertido
Viña del Mar e Valparaíso, o passeio que deu errado
Os textos sobre o deserto do Atacama logo virão para o blog. O Atacama foi o lugar mais lindo que eu já vi.


Booking.com

Você gosta de conhecer coisa bonita? Veja a Quinta da Aveleda em Portugal. Você vai amar! ❤ Portugal é um dos destinos mais baratos da Europa. Que tal?

Veja também

Deixe uma resposta