Vista panorâmica de Valletta, Malta

Transporte público em Malta e como se virar de ônibus

Todas as minhas pesquisas na internet ou falavam de viagens de carro ou de táxi. Quando falavam do ônibus diziam que era uma maravilha: MEN-TI-RA!

Mais um post da série “fui lá tentar pra te contar o que não fazer”. No capítulo de hoje temos: A barbárie que é o transporte público maltês. Mas como se virar.

Não estou exagerando, eles tem um planejamento horroroso pra ônibus!!! É tão horrível que sempre que pedíamos informação pra morador acabávamos ouvindo lamentos e reclamações sobre o sistema e como eles não usam mais porque é muito ruim. A minha host do Airbnb sempre ficava surpresa com a nossa insistência com os ônibus. Mas pra quem não tá afim de gastar dinheiro com táxi e nem dirigir na mão-inglesa (e pra piorar os motoristas são mais loucos que os italianos) o ônibus acaba sendo a única opção. E é aqui que essas dicas vão valer ouro!

Ruas íngremes de Valletta, Malta
Ainda bem que o ônibus não entra na cidade.

Os ônibus tem horário mas é tudo mentira. Uns chegam super atrasados e outros super adiantados, ou estão tão atrasados que já tá quase na hora do próximo e você acha que tá adiantado. A única rota que funciona bem é para Valletta. Então quando você pesquisa na internet, vários blogs não reclamam do transporte e fazem parecer que é uma maravilha, mas não é não. É que a maioria ou usou táxi ou dirigiu para os outros cantos e acabaram usando ônibus só pra esse pequeno trecho, que realmente funciona bem, afinal tem umas 10 linhas que vão pra lá.

Agora, na hora de fazer qualquer coisa saindo da rota de Valletta, a coisa pega. Dá mais ou menos uma média de 1h pra qualquer lugar que queira ir, mesmo que seja perto, porque precisa fazer, conexão, tá tudo atrasado, você perde o próximo ou o motorista fecha a porta na sua cara! Por isso planeje como você quer fazer a viagem, se você tem tempo, como nós, dá pra encarar, se não, tem algumas linhas que valem a pena e outras que realmente não. E pra cada situação tem um ticket que vale comprar.

Primeiramente vou resumir as dicas práticas e depois conto as dicas emocionais.

Os tickets se compra em quase todo o lugar, as lojinhas tem uma placa avisando que vendem e é bem fácil de achar. Existem alguns tipos de ticket para comprar e cada um atende um tipo de transporte que você quer fazer:

Ticket único

O ticket único serve para uma viagem incluindo baldeação e é válido por 2h. Custa 2€ no verão, 1,50€ no inverno e 3€ à noite.

Quando usar ele?

Se quando você chegar em Malta, como nós, já for muito tarde para comprar o cartão ou quando você estiver viajando de carro mas for passear em Valletta, já que é um saco ir de carro e estacionar por lá.

Explore (Adulto €21 / Criança €15)

Cartão explorer MaltaEsse foi o que compramos. Ele te dá acesso ilimitado a todos os meios de transporte terrestres em Malta, incluindo Gozo (Comino nem tem estrada, quem dirá ônibus). Ele vale por 7 dias e começa a valer no primeiro uso, então dá pra comprar pra usar depois (se você for ficar mais que sete dias na ilha, por exemplo).

Quando usar ele?

Se você quer explorar a ilha de ônibus e tem tempo pra perder com as demoras ou quer economizar, ele é ideal. Pra nós foi perfeito, pois depois de aprendermos a ter paciência com o sistema, já sabíamos as rotas mais práticas e pulávamos no primeiro ônibus que ia para os pontos de maior saída de linhas.

12 Single Day Journeys (€15)

Cartão Single Day JourneyEste cartão é parecido com os que usamos no Brasil. Você bota “créditos” basicamente. Nele está incluso 12 viagens durante o dia ou 6 durante a noite e pode ser compartilhado. Vale por um ano.

Quando usar ele?

Quando você for usar o ônibus apenas de vez em quando mas ainda assim provavelmente vai ser mais que 3 vezes. Caso você não esteja perto de St. Julian e planeje ir lá beber e ir para as festas à noite ou se estiver em família com carro mas quer passar um dia em Valletta, por exemplo.

ExplorePlus Card (€39)

Explore Card MaltaInclui todos os transporte e mais um Ferry em Valletta para ver a cidade pelo mar. Além disso está incluído um dia inteiro de tour no ônibus “hop-on, hop-off” para visitar os pontos turísticos com audio-guide. Vale por 7 dias.

Quando usar ele?

Se você for rico (brincadeira) ou se você estiver pensando em pegar um dia do “hop-on, hop-off” de qualquer jeito e não vai usar carro depois. Assim fica mais barato.

Hop-on, Hop-off

O clássico ônibus de Sightseeing e passa em todos os principais pontos turísticos. Custa €20 pra um dia ou €37 pra dois dias. Inclui audio-guide.

Quando usar ele?

Como não usamos e nem pesquisamos muito sightseeing (somos aventureiras e estudantes), não posso contar com muita convicção. Mas ele tava em todo canto que íamos. E enquanto estávamos sofrendo pra pegar o ônibus, o povo do hop-on, hop-off subia felizinho pro deles que sempre passava de 30 em 30 minutos. Mesmo nas terras mais ermas de Mgarr, onde quase pegamos um táxi no desespero (só não pegamos porque não tinha nenhum lá!) apareceram 2 desses ônibus. Então, se você ainda quer explorar a ilha de ônibus e vai ficar pouco tempo, acho que essa é uma boa opção.

 

Agora umas dicas emocionais para você não se estressar

Talvez a minha percepção seja mais desesperada por estar morando na Alemanha onde nada (teoricamente) se atrasa. O ônibus ainda é a opção mais barata e ele te leva pra onde você quer ir, só demora e faz rotas estranhas. Eu ainda aconselho a aventura! 😉

Como saber quando ele passa, meu Deus do céu?

Bancos dobráveis nos pontos de ônibus de Malta
Vocês não imaginam como eu me diverti com isso.

Os ônibus tem horário e tabela bonitinhos, mas como o trânsito de Malta é horrível e passar com um ônibus nas ruas é um tormento, eles sempre atrasam. A não ser que seja antes das 9:30am, aí eles passam adiantado. Pra compensar, provavelmente.

O negócio é não se apegar demais. Em uns pontos mais modernos tem um painel indicando o tempo para eles chegarem. Nos cantos mais remotos é um “se vira, amigo”. Então leve um chapéu e garrafa d’água e procure uma sombra pra sentar, pode demorar 3 minutos, como diz a tabela, ou 30. O google não adianta muito e não tem um app bom pra isso, é na base da fé mesmo. Depois de 2 dias correndo atrás de ônibus ou fritando no ponto, você aceita e sofre menos.

Mas eles tem essa estrutura maravilhosa que vira banquinho e não fica mega quente! Gênios!

Você já foi rejeitado por um ônibus? Eu fui.

Foi um momento muito triste. Depois de perder um ônibus porque o anterior atrasou, quando chegou o próximo, estava tão cheio que o motorista fechou a porta na nossa cara! Ele abriu para uma menina descer e quando fomos entrar ele não deixou! Quase levou meus dedos junto! Se o ônibus fica muito pesado ele não consegue subir as colinas que tem lá, por isso fazem isso. Entendo mas não aceito.

Ponto de ônibus no meio do nada em Malta
Quando o ponto de ônibus é no meio do nada, ser rejeitado dói muito… :'(

Tudo demora pelo menos 1h pra chegar

Eu entendo que estamos falando de um país pequeno. Mas eles tem um sistema de ônibus que atende um país todo e as rotas são mais simples do que qualquer cidade no Brasil. Pra chegar de um ponto a outro você sempre tem que trocar em algum lugar absurdo. Isso faz com que todas as viagens demorem pelo menos 1h. Algumas que são perto chegam a demorar 2h porque tem que ir mega longe pra trocar e voltar. Esse tipo de problema você não tem com carros, eu acho.

Duvida? Olha só essa rota aqui

E quando o ar-condicionado não funciona?

Interior de ônibus em Malta
Mas normalmente tem ar-condicionado, sim.

Apesar do stress o ônibus é bonitinho e tem ar-condicionado, então a viagem é bem gostosa. A não ser que ele esteja cheio, porque aí você fica em pé 1h. Mas e quando tá cheio e o ar-condicionado estraga? Quando estávamos indo para o aeroporto na volta aconteceu isso. Tava todo mundo derretendo! Rolou uma solidariedade ali, lenços sendo passados, maquiagens derretendo sem preconceito. Um homem conseguiu abrir 2 janelas com uma moeda (super Macgyver o moço, elas estavam trancadas) e virou o herói nacional do dia.

Cheguei no aeroporto sem dignidade.

 

Levanta a mãozinha

Aqui na Alemanha não se faz isso, então perdi o costume, mas em Malta tem que fazer sinal pro ônibus pra parar, bem estilo Brasil. Perdi alguns ônibus por causa disso.

 

Quando o ônibus passa nas rotas pras praias…

Tem mais bóia que gente. E tem um povo sem noção que acha que a bóia tá pagando passagem. Em uma viagem, estava todo mundo empilhado num canto, não dava nem pra respirar. Resolvi abrir caminho e descobri que ninguém estava no corredor do fundo porque um cara resolveu botar a bóia enorme dele no chão, ocupando todo o espaço. Tinha até onde sentar lá no fundo mas ninguém ia porque a maldita bóia tava descansando. Aí eu, como não tenho paciência com gente folgada, fui lá, levantei a bóia e sentei no lugar. Dei início à revolução contra as bóias. Mas no último dia de viagem, voltando da praia, perdemos a nossa bóia por esquecermos no porta-bagagens do ônibus. Aposto que foi voodoo do cara! hahahaha

Uma dica de amor para o primeiro dia: rota 16

Talvez tenham outras que fazem o mesmo caminho, mas a rota 16 era bem próxima de casa e nos levava para Valletta. A dica é pegar esse ônibus para ir vendo a costa. É muito lindo e como você ainda não conhece nada, qualquer canto de água azul é de tirar o fôlego. Eu só queria pular do ônibus e explorar cada canto que eu via. Então se estiver nos pontos que dê pra pegar o 16, pegue. <3

Depois pode mudar para os TD9 e TD13 que vão absurdamente mais rápido. Mas no primeiro dia vale a pena sim fazer esse tour.

Rota 16 ônibus Malta
Uma das mil vistas da rota 16 <3

No geral, apesar do textão e título apocalíptico, posso resumir que os ônibus são bons, as rotas que são ruins. Mas como eu sofri bastante, queria dividir isso com vocês pra ficar mais feliz. No mais, boa viagem, meu povo! Espero que as dicas te ajudem a escolher o estilo ideal de transporte para vocês! 😉

 

Essas são as minhas preciosas dicas sobre Malta que não achei em canto nenhum da internet, em português ou inglês. Quebrei a cara e esfolei bastante os pés para descobrir essas coisas para vocês, espero que elas ajudem todos a terem uma viagem tranquila e aproveitar ao máximo! Se você tem mais alguma dúvida, é só perguntar.

Você tem mais alguma dica que eu não coloquei aqui? Deixe seu comentário com ela e me conte mais como foi sua viagem! 😉

 

Foto de capa: Maria Eugênia

Os valores e informações são de setembro/2017.

#Dica 2: Alugue um automóvel para viajar por Malta. A gente merece conhecer lugares lindos como esse! 🙂 Faça um ensaio de locação com a Rentcars.

 

Há muitas opções de hospedagem em Malta, pesquise aqui. No booking.com você reserva, cancela e altera suas reservas com muita facilidade e consegue os melhores preços. Acesse e confira.

 

Booking.com - Melhor site de reserva de hotéis
Booking.com – O melhor site de reserva de hotéis

 

Fontes
– Transporte público de Malta: https://www.publictransport.com.mt/en/bus-card-and-ticketing

– Sightseeing em Malta: http://www.citysightseeing.com.mt/en/home.htm

– A nossa experiência mesmo 😉

Veja também

11 comentários sobre “Transporte público em Malta e como se virar de ônibus

  1. Finalmente um post super sincero sobre busão em Malta!! rsrsrs….eu vou passar 3 dias completos e como já li muito que o trânsito é um caos, mão inglesa e tudo mais, tô pensando em fazer de bus e táxi, e pensei seriamente nessa opção do hop on hop off pra ir pras praias mais distantes como a St Peter’s Pool e Blue Grotto, falando nisso, como vcs foram pra lá? rs..vou ler os proximos posts!!! Ah, e quanto ao “explre Card”, compra nos mesmos luagres dos ônibus ou do hop on hop off? Obrigada!!!!!

    1. Oi Larissa! O explorer card dá pra comprar em várias banquinhas, é bem tranquilo de achar, mas leve uma foto de qual você quer pra não ter problemas! Eu comprei o meu chegando em Valletta no primeiro dia. O hop on hop off dá pra comprar nas bancas e também pelo site deles: http://www.citysightseeing.com.mt/en/home.htm

      Pra ir até as praias pegamos os ônibus mesmo porque somos guerreiras! hahahahah E pras ilhas pegamos depois os barcos que levam até elas. O passeio da Blue Grotto é fácil de ir de ônibus de linha mas o hop on hop off te deixa na frente e passa com mais frequência, pras praias não tão famosas as conexões de ônibus de linha são chatas, veja a partir de onde é seu hotel/airbnb no google maps pra já ter uma ideia se vale a pena o ônibus ou não, se tiver mais de uma conexão você já vai gastar muito tempo esperando. O meu airbnb era super bem localizado e isso facilitou muito a vida.

      Eu já escrevi sobre o passeio da Blue Grotto aqui e tem dicas bem importantes, dê uma lida antes de ir! 😉

      Espero que goste de Malta, eu adorei e pretendo voltar pra conhecer todos os cantos das ilhas! Se tiver outras dúvidas é só mandar!
      Beijos

  2. eita djesus esperar um busao por muito tempo nesse calorão não é comigo não, toda vez n ia dar certo aheuahe se desse a sorte de ver um vindo eu pegava mas fora isso…vish
    hauehaue tudo quebrado por causa das estradas como assimm

  3. Nossa, acho que encontrei um lugar nos qual o transporte consegue ser pior do que Roma. Mas na Grécia também penamos com ônibus. Tanto que alugamos carro ou pedíamos carona na beira da estrada.

    1. Pegar carona é uma boa saída! Acho que todos os países dessa região da Europa são uma bagunça, mas isso que dá o charme! 🙂

    1. Sim… pelo que os locais me contaram era muito melhor antes. Eles tiraram várias linhas que passavam pelo centro da ilha e ficou essa loucura. Espero que resolvam logo! 😉

  4. Desculpe, mas eu ri muito! Adorei o texto, mas sinto, de verdade, pelo perrengue de vocês! A viagem com as bóias foi a melhor, quer dizer, para vocês deve ter sido a pior, sorry! 😉 De verdade, amei conhecer o blog de vocês, o relato tão sincero. Faltam mais posts como este na Internet, muito bom. E amei saber que é mãe e filha quem tocam este blog, muito fofo! Parabéns, Di, Maria Eugênia!

    1. Alessandra, a bóia foi ok até. O pior foi uma vez que estávamos esperando o ônibus há 30min no sol (32°C) e quando ele chegou não deixou a gente entrar porque estava muito cheio! Tivemos que esperar o próximo… mais meia hora no sol, imagina a minha felicidade. Mas eu entendi o porque depois, quando estão muito cheios eles não conseguem subir os aclives além de bater o fundo nas pedras das estradinhas rurais. Por isso todos os ônibus são quebrados no parachoque! hahahaha

Escreva seu comentário