8 Castelos, Palácios e Abadias próximos de Viena para conhecer num bate-volta

Abadia de Melk - Áustria


Quem acompanha há mais tempo nosso blog, sabe que somos apaixonados por castelos medievais, palácios, igrejas e abadias.

Esta nossa Eurotrip pelos países da Europa Central começou pela Áustria e após circularmos pela Polônia, Eslováquia e Hungria, voltamos para a Áustria, já no final de nossa viagem. Para esses dias do final da viagem, planejamos conhecer os Castelos, Palácios e Abadias próximos de Viena, donde podíamos fazer um bate-volta, uma vez que estávamos com automóvel.

Seguindo o fio

Saímos cedo de Budapeste, fomos para Brastislava, que fica entre Budapeste e Viena, passamos o dia em Bratislava, onde além de conhecer o centro histórico da cidade, conhecemos as ruínas do Castelo Devín. No final do dia, seguimos para Viena, para nosso novo apartamento que era tão bonito e elegante quanto o primeiro, ambos reservados pelo booking.

A seleção e escolha dos Castelos

Na fase de planejamento, num estudo minucioso e detalhado feito pela Maria Vitória, foram levantados os castelos, palácios e abadias que ficavam próximos de Viena e era possível conhecer num bate-volta de carro. O problema é que todos eram lindos e espetaculares e só dispúnhamos de dois dias para conhecer os castelos neste final de viagem, então tínhamos que escolher, não daria tempo para visitar todos.

Como tivemos um enorme trabalho para pesquisar, encontrar e selecionar os castelos, vou colocar todos aqui no blog como dicas para vocês, embora nós só tenhamos conseguido conhecer quatro deles por pura falta de tempo de viagem. Nossa viagem foi de 18 dias no total e para visitar todos eles precisávamos de mais dias, tempo que não tínhamos.

Castelos e Abadia que conhecemos

Era nosso penúltimo dia de viagem, levantamos cedo, pegamos nosso carro na garagem do edifício e fomos para a Abadia de Melk, nosso primeiro destino do dia.

1) Abadia de Melk

A Abadia de Melk é um dos maiores e mais belos conjuntos do barroco europeu. Tombada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, a abadia era originalmente um castelo do século XI. Está situada em uma rocha com vista para o Danúbio, na região de Wachau, e é um dos locais históricos mais visitados da Áustria.

Abadia Melk - Áustria
Abadia de Merlk – foto: Maria Eugênia.

A Abadia fica a uma distância de aproximadamente 87 km de Viena e dá para ir de automóvel ou de trem. A duração da viagem é de aproximadamente 1 hora e 10 minutos nos dois modais.

De Melk, pegamos uma estradinha que segue o curso do Danúbio e fomos conhecer o Castelo Aggstein.

O trajeto entre Melk e o Castelo Aggstein parece uma pintura, um local dos sonhos de tão lindo que é. Paramos na beira da estrada para admirar a paisagem e fazer fotos, a vontade era de não sair mais daquele local!

Um lindo lugar da Áustria.

Um lindo lugar da Áustria.
Um lindo lugar da Áustria. Foto: Maria Vitória.

A distância entre a Abadia de Melk e o Castelo Aggstein é de apenas 15 km, se não for parando para admirar a paisagem como fizemos, em 22 minutos você está lá, mas duvido que quem passe por essa estradinha não pare pra ver o Danúbio. 🙂

2) Castelo Aggstein

As ruinas do Castelo Aggstein ficam no topo de uma rocha, a cerca de 300 metros acima da margem direita do Danúbio. Foi construído no século XII por Manegold III de Acchispach (Aggsbach). O castelo foi ocupado até 1355 e depois disso caiu em ruínas. Ao todo, o castelo foi destruído cinco vezes desde as suas estruturas originais.

Local muito bonito, que vale a pena conhecer. Quem sai de Viena para conhecer a Abadia, já deve colocar o Castelo Aggstein no pacote, pois os dois são muito próximos, foi o que fizemos.

Castelo de Aggstein - Áustria
Castelo Aggstein

Dá para perceber que somos loucos por ruínas e castelos né? 😉
O dia já estava terminando quando pegamos a estrada de volta para Viena.

Conhecendo a Ópera de Viena e mais castelos no último dia

Nossa viagem estava terminado e ainda faltava conhecer a Ópera de Viena e alguns castelos de nossa pesquisa. No dia seguinte pegaríamos o voo de volta para o Brasil e a Maria Eugênia seguiria para Bremen na Alemanha.

Estávamos no dia 9 de setembro, nosso último dia de viagem, quando visitamos a Ópera de Viena, aquela que por determinação do Rei Franz Joseph I, Imperador da Áustria e Rei da Hungria, não podia ser ultrapassada em tamanho pela Ópera de Budapeste.

Ópera de Viena
Salão Principal da Ópera de Viena

Depois da visita à Ópera, continuamos com nossa programação “castelar” e o próximo destino foi o Castelo Kreuzenstein.

3) Castelo Kreuzenstein

O Castelo Kreuzenstein foi construído no século XII. Originalmente construído pelos Condes de Formbach, o castelo passou para a posse dos Condes de Wasserburg através de casamento. Por meio de Ottokar II da Boêmia, o castelo passou a ser propriedade dos Habsburgos, em 1278.

O Castelo Kreuzenstein conta com uma vasta coleção de móveis e artefatos medievais, incluindo o mais antigo exemplo de catapulta medieval original e o maior arsenal histórico medieval privado da Áustria. Muito bonito, achei que foi uma ótima escolha nossa. 🙂

Castelo Kreuzenstein - Áustria
Castelo Kreuzenstein. Foto: Maria Eugênia

Ele está localizado próximo do Rio Danúbio, a aproximadamente 30 km ao norte de Viena, 30 minutos de carro.

Curiosidade: o castelo foi set de filmagens de vários filmes e séries de TV.

4) Palácio Esterházy

Num dia de rara eficiência nossa, terminamos relativamente cedo a visita ao Castelo Kreuzenstein e achamos que dava para colocar mais um na nossa lista. Pesquisando qual era mais próximo, concluímos que dava para tentar chegar em Eisenstadt, que fica ao sul de Viena para conhecermos o Palácio Esterházy (lembrando que estávamos 30 km ao norte de Viena).

Palácio de Esterházy - Áustria
Palácio Esterházy. Foto: Maria Eugênia

O Palácio Esterházy é um dos mais belos palácios barrocos da Áustria. Originalmente remonta ao século XII, mas foi remodelado e reformado constantemente até que terminou em sua forma atual no estilo barroco. Atualmente o local funciona como museu de arte e local de exposições e festivais. Está localizado em Eisenstadt, a 58 km ao sul de Viena.

No mapa abaixo está a localização de cada castelo, palácio ou abadia que selecionamos.

Castelos e Abadias que selecionamos, mas não conhecemos

Dos oito monumentos selecionados, quatro não deu tempo de conhecermos, são eles:

5) Fortaleza de Forchtenstein

Construída no início do século XV pelos lordes de Mattersburg, é a única fortaleza na região que nunca foi capturada durante as Guerras Turcas. Em 1450 os lordes de Forschtenstein morreram sem herdeiros e o castelo foi passado para as mãos dos Habsburgos. Em 1622 a família Esterházy recebeu o castelo pelo Imperador do Sacro Império Romano Germânico Ferdinando II. A partir daí, o castelo passou por diversas reformas e extensões. Em 1921, com a separação da Áustria e Hungria, as posses dos Esterházy foram divididas entre os dois países. O castelo ainda é propriedade da família Esterházy e, junto com Palácio Esterházy em Eisenstadt, narra a história e os tesouros desta antiga família aristocrática.

Fortaleza de Forchtenstein
Fortaleza de Forchtenstein – By Bwag – Own work, CC BY-SA 4.0

Dá para combinar a visita do Palácio Esterházy com a Fortaleza de Forchtenstein, são próximos, 25 minutos de carro entre eles.

6) Castelo Liechtenstein

O Castelo Liechtenstein, é o castelo dos ancestrais dos Príncipes de Liechtenstein e localiza-se na extremidade sul dos Bosques de Viena, não é um museu no sentido convencional, mas um local histórico. O castelo data do século XII, foi destruído pelos Otomanos no século XV e XVI, permanecendo em ruínas até que foi reconstruído em 1884.

O Castelo Liechtenstein é propriedade privada, usado de forma privada, mas é aberto ao público para visitas guiadas. Já em 1812, eram oferecidas visitas guiadas ao Castelo Liechtenstein. Esta tradição de mais de 100 anos é a pedra angular das visitas de hoje pelas salas do castelo.

Castelo de Liechtenstein
Castelo Liechtenstein – By Bwag – Own work, CC BY-SA 4.0

Pelas fotos, o Castelo Liechtenstein é espetacular, bem do meu estilo, pena que não deu tempo de conhecer! 🙁

7) Castelo Seebenstein

O Castelo Seebenstein foi construído por volta de 1180-1230, provavelmente pela família dos condes de Formbach, que eram donos do castelo principal em Pitten e arredores. Em 1284, o castelo foi vendido para Heinrich von Stubenberg. Várias famílias se sucederam na posse do castelo até que em 1824, o Castelo Seebenstein foi vendido ao Príncipe Johannes v. Liechtenstein. O castelo foi novamente vendido e hoje continua sendo propriedade particular, pertencendo à Sra. Christine Vopava. É possível fazer visitas guiadas ao castelo.

Curiosidade: Em 2012, o conto de fadas A Bela e a Fera, foi filmado no Castelo Seebenstein. O filme foi produzido para a televisão alemã-austríaca (fonte: Wikipédia).

Castelo Seebenstein - Áustria
Castelo Seebenstein – foto by: Doronenko / CC BY-SA 3.0 AT

Encontrei poucas informações sobre este castelo na internet e achei meio complicado colocá-lo no roteiro. Se você visitou o Castelo Seebenstein na Baixa Áustria, ficaremos felizes se nos contar sua experiência nos comentários.

8) Abadia Admont

Fundada em 1074 pelo Arcebispo de Salzburg, a Abadia Admont tem a maior biblioteca monástica do mundo, contendo mais de 200.000 obras literárias, 1.400 manuscritos e 900 do tipo incunábulo (incunábulo é um livro impresso nos primeiros tempos da imprensa com tipos móveis). Infelizmente parte de seu acervo bibliográfico foi perdido devido à um incêndio em 1865 e posteriormente pela venda de quadros e documentos no século XX. Foi o primeiro local de arquitetura neogótica da Áustria.

Abadia Admont - Áustria
Admont Abbey – foto: © Jorge Royan

A Abadia Admont fica situada na cidade de mesmo nome, no meio dos Alpes Ennstal, no vale do Enns. Na verdade, não é a mais indicada para um bate-volta (embora seja possível para os viajantes mais eficientes) já que ela fica a 226 km ao sul de Viena, aproximadamente 2h40 de automóvel. Ela é mais recomendada para um “bate-fica” uma vez que é possível se hospedar na própria abadia, ou se preferir, também dá pra ficar hospedado na cidade.



Booking.com

E foi assim, conhecendo esses espetaculares castelos, palácio e abadia da Áustria, que encerramos nossa Eurotrip pelos países da Europa Central. No dia seguinte pegaríamos um voo de Viena para Paris e de lá para o Brasil.

Áustria, Polônia, Eslováquia e Hungria
Eurotrip: nossa viagem pela Áustria, Polônia, Eslováquia e Hungria
Viajando de automóvel pelos países da Europa Central - todas as dicas

Polônia: visitamos Cracóvia, Auschwitz e a Mina de Sal
Eslováquia, porque você tem que conhecer
Budapeste, veja e se inspire num roteiro de 3 dias
Áustria: 8 Castelos, Palácios e Abadias próximos de Viena para conhecer num bate-volta


Tudo sobre Viena
Onde se hospedar em Viena
Roteiro de quatro dias em Viena
Nosso 1º dia em Viena – Palácio de Schönbrunn e Catedral de São Estevão
2º dia: Museu de História Natural, Catacumbas, Peterskirche, Ankeruhr e Stadtpark
3º dia: Igreja da Ordem Teutônica, Palácio Hofburg, Biblioteca Nacional, Votivkirche e Karlskirche
O 4º dia em Viena - Belvedere, Rathaus e Museu da História da Arte
Visita ao Palácio de Schönbrunn em Viena
Nossa visita ao Museu de História Natural de Viena
O Palácio de Hofburg e a história de Sissi, a Imperatriz da Áustria

 

Nós fomos de automóvel, mas se você não tiver alugado um, pode ir de trem ou contratar um tour bate-volta para conhecer as regiões próximas de Viena. Não deixe de conhecer, a Áustria é toda um cartão postal. ❤️

Dicas

  • Há locais espetaculares para serem explorados nas imediações de Viena, explore, conheça, curta!
  • Seguro Viagem é obrigatório para ir para a Europa, não esqueça disso.
  • Para fazer viagem econômica, se puder, fuja do mês de julho.
  • Alugar apartamento pode ser  mais econômico que ficar em hotel, veja nossas dicas aqui.

Para planejar sua viagem

Booking.com - Hotel, hostel ou apartamento? No booking é fácil reservar e fácil de cancelar. Aproveite os descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis. Observe as regras de cancelamento de cada hospedagem.

Airbnb - Se viajar mais como local do que como turista é o seu estilo, no Airbnb você encontra casas, apartamentos e até quartos na casa de alguém.

Flixbus - A Flixbus é uma empresa de ônibus que atua em grande parte da Europa. São 1.700 destinos em 28 países.

Aluguel de automóvel - Pensando em alugar um carro? Na Rentcars você paga em reais e sem IOF nas reservas internacionais feitas no Brasil.

Seguros Promo - Você escolhe a seguradora entre as mais famosas do mercado.

Reservas on-line de passeios, ingressos e outras atividades turísticas
No Brasil - TourOn
No exterior - GetYourGuide e Civitatis

Gostou do blog? 😊 O Conheci e Curti participa de programas de afiliados de empresas do setor de viagens e turismo. Isso significa que se você fizer alguma reserva através dos links aqui no blog você nos ajuda com uma pequena comissão. Você não paga nada mais por isso e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo para o Conheci e Curti!

Referências

Nossa experiência pessoal
Abadia de Melk
Castelo Aggstein
Castelo Kreuzenstein
Palácio Esterházy e Fortaleza de Forchtenstein
Castelo Liechtenstein
Castelo Seebenstein
Abadia Admont

Gostou da nossa seleção? Se nossa pesquisa contribuiu para a sua pesquisa, clique no curtir abaixo e deixe seu joinha pra gente. 😉

Oi, gostou deste post? Deixe sua opinião nos comentários.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: